Tentativa de feminicídio Por copo quebrado, homem tenta matar a mulher a facadas

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 16/09/2019 10:07 Atualizado em: 16/09/2019 12:18

Reprodução/Pixabay
Reprodução/Pixabay
Uma discussão banal resultou em uma tentativa de feminicídio na madrugada desta segunda-feira no Bairro Jardim das Alterosas, em Betim, na Grande BH. Uma jovem de 22 anos foi hospitalizada após levar sete facadas do marido, de 29. Segundo testemunhas, a briga começou por causa de um copo quebrado durante uma festa de família. O criminoso fugiu e até esta manhã não havia sido localizado. 

Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima tem três filhos de 5, 6 anos, e o caçula de apenas sete meses, fruto do atual relacionamento. Ontem, os parentes estavam reunidos para celebrar o batizado do bebê. Eles moram em um conjunto de casas na Rua Pio IX.
 
A sogra da vítima contou à polícia que o casal e a mãe da jovem estavam bebendo. Em determinado momento, um copo caiu no chão e quebrou, gerando uma discussão entre o casal. Eles saíram da garagem para a cozinha, onde ambos se agrediram, segundo ela. A sogra do agressor também entrou na briga. A mãe e a irmã do homem pegaram as crianças e foram para o terreiro da casa. Assim, nenhum deles viu o momento em que ele partiu para cima da jovem com a faca. Depois da agressão, ele fugiu em um Jetta preto. 

A moça foi levada à Unidade de Atendimento Imediato (UAI) Alterosas. Quando os policiais chegaram ao local, ela estava em uma sala de tratamento intensivo e a equipe de plantão preparava a transferência dela ao hospital regional. Lá, a mãe da vítima confirmou que o genro tentou matar a filha com uma faca após a discussão. 
 
De acordo com a PM, a jovem levou quatro facadas no tórax, uma nas costas, uma no braço esquerdo e outra no abdômen. A mãe disse que retirou a faca do corpo da filha e jogou em uma linha férrea, mas ela conseguiu encontrar o objeto e entregá-lo à polícia. Até o momento do registro da ocorrência, o estado de saúde da vítima era estável. O caso foi registrado na Delegacia de Plantão de Betim.  


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.