Organização criminosa Indio da Costa é preso pela PF em operação contra fraudes nos Correios

Por: Agência Brasil

Publicado em: 06/09/2019 22:22 Atualizado em:

Foto: Saulo Cruz/Agência Câmara (Foto: Saulo Cruz/Agência Câmara)
Foto: Saulo Cruz/Agência Câmara
O ex-deputado federal Indio da Costa, atualmente sem partido, foi preso hoje (6) na Operação Postal Off, deflagrada pela Polícia Federal (PF). A ação foi desencadeada pela Delegacia de Combate à Corrupção da Superintendência Regional de Santa Catarina. Ao todo, foram cumpridos nove mandados de prisão preventiva, dois no Rio de Janeiro.

A organização criminosa investigada trabalhava com clientes que têm volume de postagem muito alto, com um fluxo elevado de objetos por mês. Os prejuízos aos Correios, de acordo com a Polícia Federal, pode chegar aos R$ 13 milhões.

A prisão de Indio da Costa foi confirmada pelo advogado dele, Afonso Henrique Destri. Ele informou que o ex-deputado será levado ainda hoje para o Presídio José Frederico Marques, em Benfica, zona norte da cidade, que é porta de entrada de presos no sistema penitenciário.

Indio da Costa foi relator, em 2010, da Lei da Ficha Limpa. Seu último cargo público foi como secretário municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação na gestão de Marcelo Crivella.O ex-deputado federal Indio da Costa, atualmente sem partido, foi preso hoje (6) na Operação Postal Off, deflagrada pela Polícia Federal (PF). A ação foi desencadeada pela Delegacia de Combate à Corrupção da Superintendência Regional de Santa Catarina. Ao todo, foram cumpridos nove mandados de prisão preventiva, dois no Rio de Janeiro.

A organização criminosa investigada trabalhava com clientes que têm volume de postagem muito alto, com um fluxo elevado de objetos por mês. Os prejuízos aos Correios, de acordo com a Polícia Federal, pode chegar aos R$ 13 milhões.

A prisão de Indio da Costa foi confirmada pelo advogado dele, Afonso Henrique Destri. Ele informou que o ex-deputado será levado ainda hoje para o Presídio José Frederico Marques, em Benfica, zona norte da cidade, que é porta de entrada de presos no sistema penitenciário.

Indio da Costa foi relator, em 2010, da Lei da Ficha Limpa. Seu último cargo público foi como secretário municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação na gestão de Marcelo Crivella.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.