Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil
Levantamento 'Bandido bom é bandido morto', dizem 60% dos brasileiros Pesquisa revela também que 70% da população acham que a polícia exagera na violência

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 03/11/2016 07:20 Atualizado em: 03/11/2016 07:45

O Brasil teve 58.383 mortes violentas intencionais em 2015, número similar ao de 2014, e que coloca o País em um patamar crítico de violência. Foto: Paulo Paiva/DP
O Brasil teve 58.383 mortes violentas intencionais em 2015, número similar ao de 2014, e que coloca o País em um patamar crítico de violência. Foto: Paulo Paiva/DP

Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (02) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública aponta que cerca de 60% dos brasileiros concordam com a frase “bandido bom é bandido morto”. Os que discordam da afirmação representam 34% dos entrevistados, e 6% disseram não ter opinião formada.

Os dados, colhidos pelo instituto Datafolha, mostram ainda que o índice de concordância com a afirmação é maior entre as pessoas com mais de 60 anos e os moradores de municípios com menos de 50 mil habitantes. Foram ouvidas 3.625 pessoas em 217 cidades.

O diretor-presidente do Fórum, Renato Sérgio de Lima, avalia que o resultado representa um "pedido de socorro" da sociedade, que vê a segurança pública com muitas falhas. Setenta e seis por cento têm medo de morrer assassinado, e 64% acreditam que policiais são caçados pelo crime.

Polícia exagera
Segundo Lima, o levantamento mostra que a população reconhece as más condições de trabalho da polícia. Isso, contudo, não significa que os brasileiros aprovam as forças de segurança. Para 70%, os policiais costumam abusar da violência.

De acordo com dados do Fórum, o País teve 58.383 mortes violentas intencionais em 2015, número similar ao de 2014, e que coloca o País em um patamar crítico de violência.



Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura do Recife  Túlio Gadêlha
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #392 Sucessão ecológica
A nova cara da Conde da Boa Vista, velha conhecida dos recifenses
Rhaldney Santos entrevista a pré-candidata à prefeitura do Recife Marília Arraes
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco