Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

DOCUMENTÁRIO

Oliver Stone apresentará documentário sobre Lula em Cannes

O documentário do cineasta americano trata da prisão de Lula entre 2018 e 2019 e de seu retorno à presidência
Por: AFP

Publicado em: 22/04/2024 16:55

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o cineasta americano Oliver Stone (foto: Reprodução/Redes Sociais)
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o cineasta americano Oliver Stone (foto: Reprodução/Redes Sociais)

O cineasta americano Oliver Stone apresentará um documentário sobre o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva fora de competição em Cannes, anunciou o festival nesta segunda-feira (22), acrescentando vários longas-metragens em diferentes seções.

 

O novo trabalho de Stone, cineasta que já realizou documentários sobre Fidel Castro e Hugo Chávez, trata da prisão de Lula entre 2018 e 2019 e de seu retorno ao poder.

 

Stone, de 77 anos, explicou em uma entrevista à AFP em 13 de março que o documentário gira em torno da "perseguição judicial, sobre o que aconteceu quando (Lula) foi um presidente bem-sucedido e o colocaram na prisão por corrupção, que é como as coisas geralmente são feitas nesses países".

 

Stone tem sido um visitante regular do Festival de Cinema de Cannes, onde apresentou vários filmes.

 

As filmagens desse documentário sobre Lula duraram meses, e Stone viajou com o veterano político brasileiro, explicou.

 

Em seu comunicado à imprensa, o 77º Festival de Cannes anunciou três adições à competição oficial: "La plus précieuse des marchandises", um filme de animação de Michel Hazanavicius sobre um menino judeu que escapa milagrosamente da deportação para um campo de extermínio, "Trei kilometri pana la capatul lumii", do diretor romeno Emanuel Parvu, e "The seed of the sacred fig", do diretor iraniano Mohammad Rasoulof.

Conheca o Desbravador das relacoes diplomaticas entre o Brasil e a China
Consulado da RPCh no Recife tem nova cônsul-geral
Mergulho no Brasil é uma possibilidade para os turistas chineses
Cenas da China aparecem em meio ao barroco brasileiro e intrigam pesquisadores
Grupo Diario de Pernambuco