Diario de Pernambuco
Busca

Cultura

Prefeitura do Recife abre espaço para artesãos da cidade na 22ª edição da Fenearte

Publicado em: 06/07/2022 21:33

 (Foto: Rodolfo Loepert / PCR)
Foto: Rodolfo Loepert / PCR
Exaltando os 30 anos do movimento Manguebeat, a 22ª edição da maior feira de artesanato da América Latina, a Fenearte, teve sua abertura nesta quarta-feira (6) e segue até o dia 17 de julho, no Centro de Convenções de Pernambuco. O prefeito João Campos prestigiou o evento, que conta 20 mulheres da Rede de Artesãs da Secretaria da Mulher do Recife expondo e comercializando os produtos confeccionados exclusivamente pela rede, com apoio da Prefeitura do Recife, e oito artesãos selecionados pela Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Artesanato do Recife (Prodarte). A Cooperativa Ecovida Palha de Arroz, formada só por mulheres, pelo segundo ano consecutivo, será responsável pela coleta de todo resíduo sólido produzido durante os dias de feira, além de também oferecer e vender seus produtos.

“A Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte) é sempre muito importante para toda a economia criativa do estado de Pernambuco. Por isso, a gente convida a todos e a todas para poderem participar, poderem conhecer os artistas e suas obras. A feira é uma grande referência no Brasil inteiro, reúne vários estados, artesãos, não só de Recife, mas de todo o Brasil e de outros países. Uma feira que, mais uma vez, está marcando tradição de ser tão grande e ao mesmo tempo tão acolhedora, com todo mundo que quer conhecer e visitar a nossa cultura”, destacou o prefeito João Campos, que estava acompanhado do governador Paulo Câmara e diversos secretários municipais.

“Temos um estande aqui da Secretaria da Mulher do Recife, onde reúne mais de 20 artesãs do Recife, que trabalham e participam das atividades da Secretaria da Mulher. O estande do Prodarte também apresenta várias obras para quem gosta da autêntica cultura da nossa região. A gente fica feliz de ver o Recife podendo sediar essa grande feira estadual e de ver a Prefeitura também podendo ter um espaço para promover e apresentar aquelas pessoas que são diretamente impactadas pelos nossos programas e pelas nossas ações”, acrescentou o prefeito.

No estande da Secretaria da Mulher, o público vai encontrar artigos de papelaria sustentável, confecção adulto e infantil, mesa posta, acessórios em crochê, saboaria sustentável, mosaicos, macramê, costura criativa, amigurumi, produtos em cimento e cerâmica, entre outros. Este ano, a cooperativa Ecovida Palha de Arroz também vai vender seus produtos, no estande da pasta. Ao todo, foram confeccionadas cerca de 200 peças, entre cachepô, fruteiras, porta-lápis e vasos. O objetivo da ação é dar visibilidade, estimular as vendas de artesanato e produtos feitos manualmente pelas mulheres. A Rede de Mulheres Artesãs consiste no acompanhamento, tanto no que tange à inclusão e participação em feiras de artesanato, como à organização produtiva e gestão do negócio. As mulheres da rede participam de feiras com o apoio da Secretaria, que garante estande e acompanhamento às mulheres. “A Secretaria da Mulher tem uma rede de mulheres artesãs que tem mais de 500 mulheres inscritas. Para a Fenearte, a gente publicou um edital de chamamento público onde as artesãs se inscreveram. Tivemos mais de 107 inscritas e foram selecionadas 20 delas para expor aqui na Fenearte todos os seus produtos”, explicou a secretária da Mulher do Recife, Glauce Medeiros.

Já o Prodarte vai estar presente com um estande. No local, que ficará na rua 13, oito artesãos selecionados vão apresentar seus produtos ao público durante os 12 dias de evento. "Além de mostrar sua arte para mais de 200 mil visitantes nos 12 dias de feira e valorizar a cultura regional, esse momento é importante para girar a chave da nossa economia que foi prejudicada por dois anos de pandemia e reaquecer o setor de artesanato na cidade", comentou a secretária de Trabalho e Qualificação Profissional do Recife, responsável pelo Prodarte, Adynara Gonçalves. Com expectativa de gerar cerca de 2,5 mil postos de trabalho temporário e movimentação financeira de R$ 40 milhões, a iniciativa da Prefeitura do Recife de incluir todos esses empreendedores locais no circuito da maior feira de artesanato da América Latina tem o objetivo de proporcionar oportunidades de renda e impulsionar suas vendas.

ECOVIDA PALHA DE ARROZ - Pelo segundo ano, a Cooperativa Ecovida Palha de Arroz vai ser a responsável pela coleta seletiva da Fenearte. Ao todo, 15 cooperadas vão trabalhar na separação dos materiais recicláveis para posterior comercialização. Localizada no bairro do Arruda, na Zona Norte do Recife, a cooperativa conta atualmente com 15 cooperadas. O local tem média de produção mensal de 11,2 toneladas e faturamento de R$ 10,7 mil com a venda dos materiais recicláveis, como PET, plástico, papelão, papel, vidro, isopor, alumínio e etc.
 

REDE DE ARTESÃS - Em 2021, a Rede de Artesãs participou da loja colaborativa e do quiosque Arte Delas, no Plaza Shopping, em Casa Forte, que beneficiou 24 artesãs. Este ano, além de repetir a participação no quiosque no Plaza Shopping, de março a junho, a Secretaria da Mulher proporcionou a cerca de 160 artesãs a possibilidade de participação em feirinhas de artesanato como Feira do Bom Jesus e vai participar com 20 artesãs, da Fenearte, maior Feira de artesanato da América Latina. Atualmente, a rede conta com 540 mulheres.

A educadora social e artesã, Josineide Oliveira, 55 anos, mora no Cordeiro, e se inscreveu para expor na Fenearte para complementar a renda com os trabalhos de tecelagem de macramê, que aprimorou durante a pandemia. A cada nó que faz nas peças é um nó a menos dentro de si mesma. “Quando eu estou tramando, a cada nó que eu faço, fico com meus pensamentos. A troca de afeto com a peça, me completa”, relatou. Vivendo exclusivamente da venda de camisas unissex, Wilzerlania da Silva, 39 anos, moradora de Dois Unidos, levou pela primeira vez à Fenearte as peças que ela mesma produz. “Estou feliz de estar aqui hoje. A expectativa é de vendas, que dê tudo certo”, contou.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Deputado Joel da Harpa elabora PL contra a publicidade de alimentos ricos em açúcar nas escolas

12/08/2022 às 22h44

Novo diretor da Anvisa toma posse nesta sexta-feira

12/08/2022 às 22h42

Encontro de candidatas negras do Nordeste debate projeto político contra o racismo

12/08/2022 às 22h10

Silvio Costa critica Marília Arraes por escolha de candidato ao Senado

12/08/2022 às 21h50

TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral

12/08/2022 às 21h41

Novo diretor da Anvisa toma posse nesta sexta-feira

12/08/2022 às 21h39

Diagnóstico de monkeypox será feito em todos os Lacens até agosto

12/08/2022 às 21h38

Roberto Jefferson registra candidatura à Presidência no TSE

12/08/2022 às 21h36

Single de Beyoncé conquista a primeira posição da Billboard Hot 100

12/08/2022 às 21h30

FBI diz ter apreendido documentos classificados na mansão de Trump

12/08/2022 às 21h24

Confira os resultados da Quina 5922 e da Lotomania 2351 desta sexta

12/08/2022 às 21h18

Ator e comediante Kenan Thompson vai apresentar o Emmy 2022

12/08/2022 às 21h15

Wyden aproveita o crescimento do EAD e aumenta o seu portfólio de cursos nesta modalidade

12/08/2022 às 21h13

Masterboi inaugura a sua primeira planta frigorífica no Nordeste

12/08/2022 às 21h09

HBO Max pode demorar 45 dias para receber os lançamentos da Warner

12/08/2022 às 21h00

Varíola do macaco: empresa brasiliense submete dois testes à Anvisa

12/08/2022 às 20h51

Defesa afirma que supersalários divulgados 'apresentam incorreções'

12/08/2022 às 20h49

Ludmilla anuncia data de lançamento de Numanice #2 ao vivo

12/08/2022 às 20h48