Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

FUNCIONALISMO

Servidores do Tesouro Nacional aprovam greve por tempo indeterminado

Publicado em: 17/05/2022 19:45

 (Foto: ED ALVES/CB/D.A.Press)
Foto: ED ALVES/CB/D.A.Press
Os servidores do Tesouro Nacional aprovaram, na tarde desta terça-feira (17), uma greve por tempo indeterminado, com início na próxima segunda (23). A decisão — aprovada por 71,5% da assembleia — foi anunciada, segundo a categoria, diante da ausência de proposta oficial de reestruturação para a carreira de Finanças e Controle e em meio à aproximação do fim do prazo legal para recomposição remuneratória, à persistente sinalização do governo de ampliação do desalinhamento remuneratório entre carreiras do Executivo Federal e a perda de 25% do poder de compra dos salários congelados desde janeiro de 2019.

“A greve é um último recurso, mas neste momento crítico em que o prazo legal para recomposição salarial em ano eleitoral se esgota e em que persiste a sinalização do governo de reajustes discriminando a carreira de Finanças e Controle, os servidores do Tesouro Nacional aprovaram a intensificação da mobilização. Não abrimos mão de defender a nossa carreira e nossas instituições”, afirma o presidente do Sindicato.

As reivindicações, que vêm sendo apresentadas aos interlocutores do governo desde dezembro passado, são: alinhamento remuneratório com carreiras correlatas do Executivo Federal por intermédio de reestruturação da carreira, inclusão de exigência de nível superior para ambos os cargos, recomposição das perdas inflacionárias.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Última Volta: GP da Grã Bretanha de F1 2022
Quem é Júlio Lancellotti, o padre antissistema que dá esperança aos pobres
Toalhas de Lula e Bolsonaro movimentam o comércio e dão o tom das eleições
Grupo Diario de Pernambuco