Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro acha desnecessário observadores internacionais nas eleições

Publicado em: 19/05/2022 22:23

 (Foro: Reprodução)
Foro: Reprodução
O presidente Jair Bolsonaro rebateu nesta quinta-feira, (19), a presença de observadores internacionais nas eleições de outubro." Podem botar 1 milhão de observadores nas eleições; vão observar o quê?", disse durante live transmitida nas redes sociais.

A declaração foi dada após o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, ter dito que pretende trazer ao Brasil mais de 100 observadores de instituições internacionais para acompanhar as eleições.

Bolsonaro novamente questionou a existência de uma "sala secreta" de apuração dos votos no STF. "Vão ter acesso ao código-fonte para ver qual é a apuração? Qual o conhecimento deles de informática?".

O presidente tem criticado a vinda de observadores internacionais para as eleições e tem atacado a lisura do processo eleitoral. Bolsonaro ainda afirmou que a vitória do ex-presidente Lula em outubro já estaria definida, tendo como base uma informação de que o senador Jaques Wagner (PT) já iniciou conversas com embaixadores de outros países sobre a possível posse do petista.

"Jaques Wagner, conversando com embaixadores de outros países, para dizer como Lula vai tomar posse com apoio de outros países. Já definiram as eleições. Que negócio é esse? Está definido quem é o presidente?", questionou.

Ainda durante a live, o presidente afirmou que cinco ministros do STF seriam "favoráveis ao aborto".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Unicap: inscrições para vestibular 2022 até hoje
Manhã na Clube: Diogo Moraes (PSB) e Alexandre Henrique (PSOL), pré-candidato a dep. estadual
Arte marcial é um elo entre Brasil e China
Ana Marcela Cunha é bicampeã mundial em Budapeste
Grupo Diario de Pernambuco