Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

PANDEMIA

Vereador toma vacina contra Covid para participar de ato antivax em Londres

Publicado em: 25/01/2022 19:06

 (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Foto: Reprodução/Redes Sociais
O vereador bolsonarista de Belo Horizonte (MG) Nikolas Ferreira (PRTB) se vacinou contra Covid-19 para poder viajar ao exterior neste mês. Um dos compromissos do parlamentar em solo europeu foi um ato antivacina. 

No ano passado, o vereador tomou a primeira dose do imunizante, mas reforçou ser contrário a imunização, e disse que só se vacinou para fazer uma viagem a trabalho na Europa em janeiro de 2022. “Estou me sentindo imposto [a tomar a vacina contra Covid-19] porque estou indo para uma viagem importante. Eu não ia deixar de viajar. Mas foi algo contra a minha vontade”, disse a um podcast na época.

Em storie publicado no Instagram na última segunda (24), Nikolas aparece em um protesto contra a vacinação. O vereador está do lado de uma ativista que segura um cartaz com os dizeres: "Please, don't jab kids" ("Por favor, não vacinem as crianças", em livre tradução"). 

Ao jornal Estado de Minas, Nikolas negou ser contrário à imunização de crianças. O político ponderou que é contra o que chama de "coerção dos pais para adesão à campanha". "Existe uma coerção aos pais. Eles precisam autorizar a vacina, mas são pressionados até cederem. Tem todo um discurso de que, se eles não levarem os filhos para a vacinação, eles não têm empatia, não se importam com as crianças. Isso não é liberdade. Liberdade sob pressão não é liberdade. Para mim, os pais é que decidem sobre os filhos. O estado não pode querer tomar nossas crianças", defende o vereador.

Brasileiros precisam ter tomado as duas doses da vacina contra Covid-19 para entrar na Inglaterra sem fazer quarentena.

O vereador recebeu críticas de membros da Câmara Municipal de BH. A vereadora Duda Salabert (PDT) classificou o ato do colega como irresponsável. "O dever da Câmara é lutar pela aceleração da vacinação de crianças para um retorno mais seguro às aulas. Então, acho bastante irresponsável que o vereador se posicione desta maneira em relação á vacinação infantil. E especialmente num contexto em que a Covid-19 mata mais do que muitas doenças infecciosas", comentou Duda ao Estado de Minas.

Além de Londres, Nikolas passou por outros países europeus como Bélgica, Portugal e Luxemburgo, no que ele chamou de "missão religiosa". A Câmara Municipal de BH confirmou ao Estado de Minas que a instituição não financia a viagem do vereador ao exterior.
TAGS: londres | covid | pandemia |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Grupo Diario de Pernambuco