Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

EXAMES

Secretaria de Saúde da Vitória realiza coletas laboratoriais em domicílio

Publicado em: 19/01/2022 20:16 | Atualizado em: 19/01/2022 20:42

 (Foto: Divulgação.)
Foto: Divulgação.
A Secretaria de Saúde e Bem-Estar da Vitória de Santo Antão deu início, no mês de janeiro, ao programa Laboratório em Casa. Com a iniciativa, idosos acima de 80 anos e pacientes acamados passam a poder realizar todos os exames laboratoriais ofertados pelo SUS em seus domicílios, localizados tanto na Zona Urbana como na Zona Rural.

Para poder fazer os exames, é necessário que o médico de uma unidade básica de saúde requisite. Com a solicitação, uma equipe composta por enfermeiros se desloca até a residência do paciente, colhe o material, envia para um laboratório cadastrado e, em poucos dias, devolve o resultado.
 
 (Foto: Divulgação.)
Foto: Divulgação.
 
 
O serviço, que é ofertado de segunda a sexta, das 5h às 8h, e atende até 10 pessoas por dia, é uma forma de facilitar o acompanhamento do estado de saúde dos pacientes que têm dificuldade de locomoção, como explica a secretária de Saúde e Bem-Estar, Bruna Dornelas. “Identificamos que alguns pacientes acabam deixando de realizar os exames, porque não conseguiam ir até um laboratório, ou precisam pagar para fazê-los em casa. Esse programa, então, vai ajudar a melhorar a vida dos vitorienses”, pontua. “Essa ação demonstra que nossa gestão está sempre atenta às demandas da população e buscando estratégias para melhor atendê-la”, acrescenta o prefeito Paulo Roberto.

Morador do bairro Universitário, Severino José, 68 anos, que tem a mobilidade comprometida, foi um dos beneficiados. “Há 5 anos que ele não realizava exames, o que dificulta que tenhamos alguns diagnósticos sobre possíveis doenças”, conta a esposa dele, Rizomar Severina. A agilidade do serviço também é motivo de elogios. “O médico fez a solicitação ontem e hoje a equipe já veio realizar os exames do meu pai”, diz a dona de casa Severina Teresa, filha de Inácio Severino, 88 anos, morador do Amparo.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Grupo Diario de Pernambuco