Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

ARTE

Quadro raro de Botticelli é leiloado em Nova York por US$ 45 milhões

Por: AFP

Publicado em: 27/01/2022 18:17

 (Foto: Theo Wargo / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
)
Foto: Theo Wargo / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
Uma pintura do mestre renascentista italiano Sandro Botticelli, cujas obras em coleções particulares são raras, foi arrematada por mais de US$ 45 milhões nesta quinta-feira (27), em um leilão na Sotheby's de Nova York.

Após uma disputa de sete minutos entre dois compradores que fizeram seus lances pelo telefone e repetidamente fizeram ofertas adicionais de US$ 100.000, o lote número 14 (a pintura "The man of sorrows") foi vendido por 39,3 milhões de dólares, mais taxas e comissões, elevando o total para 45,41 milhões.

O preço está acima da estimativa da Sotheby's (US$ 40 milhões), mas bem abaixo do recorde estabelecido no ano passado (US$ 92,2 milhões) para uma pintura do mestre renascentista italiano, "Jovem segurando um medalhão".

A pintura é um retrato de Jesus em um fundo preto, com um olhar profundo, uma coroa de espinhos em volta da cabeça e cercado por anjos. Suas mãos, machucadas, estão amarradas com cordas.

Segundo os especialistas citados pela Sotheby's, a pintura data do início do século XVI, no final da vida de Botticelli (1445-1510), conhecido por suas obras expostas na Galeria Uffizi de Florença ("Primavera", "O Nascimento de Vênus") e cujos afrescos também adornam a Capela Sistina, no Vaticano.

Segundo a Sotheby's, a pintura, bem conservada e cercada por uma moldura dourada ornamentada, teria pertencido no século XIX a uma famosa cantora inglesa da época, Adelaide Kemble Sartoris, e mais tarde a seus herdeiros. Em sua última venda, em 1963, foi leiloada por 10.000 libras.

Em 2021, as casas de leilões se beneficiaram de um mercado de arte dinâmico, após um 2020 prejudicado pela pandemia da covid-19.

A Sotheby's alcançou a maior cifra de vendas de sua história no ano passado, com cerca de 7,3 bilhões de dólares.

O leilão desta quinta-feira, dedicado aos Antigos Mestres, aconteceu pela manhã em Nova York e online, para permitir a participação de compradores da Europa e da Ásia.

Após uma turnê mundial, o trabalho de Botticelli foi exposto fisicamente em Nova York. Mas a Sotheby's, que também busca se instalar no metaverso, criou uma capela virtual em seu espaço na plataforma Decentraland para exibir a pintura.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Última Volta: GP da Espanha 2022 de F1
Antiproibicionismo: Marcha da Maconha por uma nova política de drogas
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Grupo Diario de Pernambuco