Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

BOLSO

Pequenas mudanças na rotina podem ajudar a economizar combustível e energia elétrica; saiba como

Publicado em: 25/01/2022 15:49

Adequações podem fazer a diferença no resultado final (Reprodução/Pixabay)
Adequações podem fazer a diferença no resultado final (Reprodução/Pixabay)
A alta da inflação e o reajuste em vários itens como diesel, gasolina e energia elétrica levaram os brasileiros a buscar novas formas de economizar e diminuir o impacto das contas no orçamento familiar. Em alguns casos, especialistas apontam que pequenas adequações já podem fazer a diferença no resultado final. 

O professor de física Wendel Hommel traz dicas práticas que podem auxilizar quem está querendo economizar. Confira: 
 
AUTOMÓVEIS
A atenção precisa ir da calibragem dos pneus, que devem estar sempre de acordo com as indicações contidas no manual, pois pneus baixos aumentam o atrito com a pista, gerando aumento no consumo de combustível; até a utilização dos vidros fechados pode evitar que a força de arrasto do ar entre pelas janelas.

Evite acelerações bruscas. Acelerar fundo pode trazer fortes emoções, mas gera aumento no consumo de combustível, já que exige a realização de grande trabalho pelo motor em um curto intervalo de tempo. Portanto dirija com parcimônia, se antecipando às demandas do trânsito.

Manutenção sempre em dia. Peças gastas e defeituosas fazem o motor trabalhar com maior dificuldade, exigindo mais dele. Sempre que o motor é mais exigido, há aumento no consumo de combustível.

Ar-condicionado apenas em última instância. Ligar o ar-condicionado aumenta, em média, o consumo em 10%. Além disso, quando ligado ele reduz a potência disponível para o carro se mover. Dessa forma, se você ligar o ar e quiser que o carro entregue o mesmo rendimento, você terá que pisar ainda mais fundo. De modo geral, se estiver em velocidades baixas é mais econômico janelas abertas e ar condicionado desligado, mas em velocidades mais altas, prefira ligar o ar e fechar as janelas.

Troque de marcha na hora certa. Alguns carros têm luzes ou outros sistemas que indicam ao motorista quando é a melhor hora para trocar de marcha. Isso contribui diretamente para a economia de combustível. Mesmo que seu carro não tenha esse sistema, fique atento às rotações do motor e aprenda a identificar a melhor hora para trocar de marcha. Evite também esticar as marchas, pois cada carro tem uma faixa ideal de rotação, onde o torque aparece de forma mais intensa.

ENERGIA ELÉTRICA
pequenas atitudes do dia a dia podem resultar numa redução considerável na conta mensal. Wendel ressalta que é importante, por exemplo, aproveitar a luz natural e evitar acender lâmpadas desnecessariamente. O professor reforça, ainda, que o investimento na troca pode resultar em um bom retorno no médio prazo. “Quanto menor a potência de um equipamento, menos energia ele consome. Portanto, optar por lâmpadas de menor potência, como as de LED, consequentemente acarretará uma economia considerável de energia”, diz.

Desligar o chuveiro no verão. Chuveiros elétricos, são grandes vilões no consumo de energia. Embora sejam de grande utilidade no inverno, no verão é possível diminuir o seu uso. Mas se você não dispensa um bom banho quente, reduza o tempo em que ele fica ligado.

Não sobrecarregue os benjamins ou “Tês”. Quando muitos equipamentos são ligados em uma mesma tomada, isso gera aquecimento dos “tês”, desperdiçando energia elétrica em forma de calor. Dessa forma, é indicado que cada equipamento seja ligado em um única tomada. Além disso, esse aquecimento pode acarretar derretimento dos fios e gerar princípios de incêndio. Jamais ligue um “tê” em outro.

Verifique a borracha da geladeira. É a borracha da geladeira que isola a parte interna do meio externo. Caso a borracha esteja gasta, a vedação será parcial, isso permitirá que o calor penetre na geladeira, forçando o compressor a trabalhar mais, gastando assim mais energia.

Ar-condicionado. Prefira aparelhos mais modernos. Os equipamentos mais modernos trazem a tecnologia “inverter”. Essa tecnologia permite economia de até 60% em relação aos modelos tradicionais. Também é sempre bom lembrar de fazer as manutenções em dia, dessa forma, com os filtros limpos o compressor será menos exigido.

Passe as roupas todas de uma vez. Aquecer o ferro de passar gasta muita energia, mas gasta-se menos mantendo ele aquecido por um longo período do que aquecê-lo várias vezes durante o mês. Portanto, é indicado passar as roupas todas de uma vez ao invés de todo dia passar uma peça.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Grupo Diario de Pernambuco