Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

revitalização

Escritório do Centro do Recife inicia atividades com visita aos corredores do comércio

Publicado em: 01/12/2021 19:06

 (Crédito: Inaldo Menezes/Prefeitura do Recife)
Crédito: Inaldo Menezes/Prefeitura do Recife
Como forma de retomar a pujante vocação do comércio e de serviços, bem como revitalizar e modernizar espaços públicos com o foco na moradia de longa permanência e a atração de investimentos, a chefe do Escritório de Gestão do Centro do Recife, Ana Paula Vilaça, participou de uma caminhada pelos bairros de São José e Santo Antônio ao lado de vereadores, especialistas, comerciantes, representantes de setores produtivos e empreendedores. No seu primeiro dia à frente da função, Vilaça verificou as condições da área sob o prisma econômico, social, urbanístico e cultural, e colheu sugestões para dar nova vida à área urbana. As contribuições se somarão a outras a partir de uma série de reuniões que a gestora vai promover a partir deste mês, com o objetivo de dar materialidade ao programa Recentro, lançado pelo prefeito João Campos em novembro.

A caminhada partiu da Praça Maciel Pinheiro, no bairro da Boa Vista, local histórico do Recife onde se encontra a antiga casa da escritora Clarice Lispector e próximo ao Teatro do Parque, e seguiu pelas ruas Imperatriz - tradicional corredor de comércio -, Ponte da Boa Vista - um dos cartão-postal da cidade -, emendando com as Ruas Nova e da Palma, e finalizando com visitas aos edifícios Sertã e Douro, exemplos de retrofit com indução para moradia e exploração cultural, no coração do Centro.

"No nosso primeiro dia de trabalho à frente no Escritório de Gestão do Centro do Recife, nada melhor do que iniciar com uma longa caminhada pelos bairros de São José e Santo Antônio ao lado de pessoas que vão contribuir e muito nesse processo de retomada da região", explicou Ana Paula Vilaça. "Foi bastante significativo e emblemático estar nas ruas, vendo a realidade e contar com sugestões de diversos atores que atuam nos bairros, a exemplo dos comerciantes e empreendedores e também dos vereadores. Pudemos constatar as principais demandas e queixas de quem trabalha na região e vamos verificar como a Prefeitura pode chegar junto, através de seus diversos órgãos e secretarias", acrescentou.

Entre as contribuições recebidas, está a abertura de novos polos que concentram serviços públicos municipal e estadual, a implantação de QR Codes em pontos históricos na região, a exemplo do casarão que viveu o diplomata Joaquim Nabuco, na esquina das ruas da Imperatriz com a Bulhões Marques, no número 147, e no cruzamento entre as ruas Nova e Matias Albuquerque, onde ocorreu o assassinato de João Pessoa, então presidente da Paraíba, em 1930, que culminou com movimentos políticos que decretou o fim da República Velha e alçou à Presidência da República Getúlio Vargas. Esses equipamentos, de acordo com sugestões, auxiliam para dar visibilidade ao patrimônio histórico que o Recife possui.

Ainda como forma de aquecer a atividade turística na região, foi sugerido estimular o compromisso amoroso laçando fitas ao longo do gradil da Ponte da Boa Vista, a exemplo do que acontece na Ponte "Pont des Arts", em Paris. Os participantes também indicaram a instalação de bicicletários na região, a promoção de estímulos fiscais para atrair cafeterias e restaurantes, bem como promover o ordenamento no comércio informal nas ruas da Palma, Nova e Matias Albuquerque e a instalação de banheiros públicos na Avenida Guararapes. 

Ana Paula Vilaça afirmou que o compromisso do Recentro visa estimular a retomada dos bairros do Recife, São José e Santo Antônio, induzindo a moradia com interesse social, a atração de empreendimentos e negócios para gerar emprego e renda e o estímulo do comércio local, com o retorno do público consumidor na área. "O Recentro é o pontapé inicial para essa série de medidas que estão sendo tomadas pela Prefeitura do Recife,que já vem sendo efetivadas, como a isenção de tributos como IPTU, ISS e ITBI e projetos de intervenção, a exemplo de pedestrianização de ruas e outras ações. A gente quer trazer as pessoas de volta para o centro histórico e vamos ter investimentos públicos e privados para modificar esse [UTF-8?]cenário”, cravou a chefe do Escritório do Centro do Recife.

A caminhada foi convocada pelos vereadores que compõem a Frente Parlamentar pelo Centro do Recife, presidida pela vereadora Cida Pedrosa (PCdoB). Além dela, também participaram os vereadores Rinaldo Júnior (PSB), Luiz Eustáquio (PSB), Dani Portela (PSOL) e Liana Cirne (PT). A visita reuniu ainda o consultor Francisco Cunha, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Recife (CDL-Recife), Frederico Leal, arquitetos, comerciantes e empresários da região.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Segundo a ONU, 2021 foi um dos sete anos mais quentes da História
Manhã na Clube: entrevistas com Leonardo Péricles e Dr. Heitor Albanez
Fortuna dos 10 mais ricos dobrou com a Covid
Supervacinada: Rafaela inaugura a fase da imunização de crianças contra a Covid no Recife
Grupo Diario de Pernambuco