Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

AVANÇO

Uso de máscara em ambiente aberto não será obrigatório em Fernando de Noronha a partir de 17 de novembro

Publicado em: 28/10/2021 18:08 | Atualizado em: 28/10/2021 18:18

 (Foto: Teresa Maia/DP)
Foto: Teresa Maia/DP
Em coletiva de imprensa do Governo de Pernambuco realizada nesta quinta-feira (28), o secretário de Saúde, André Longo, a secretária Executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça e o secretário de Turismo, Rodrigo Novaes, anunciaram avanços nas medidas de combate à Covid-19 na Ilha de Fernando de Noronha. A desobrigação do uso de máscaras em ambientes abertos e a liberação da festa de Réveillon foram um dos pontos abordados pela comitiva. 

Ao reforçar a contribuição da população com as medidas de prevenção da Covid-19 e, dentre elas, o esquema vacinal completo, André Longo anunciou a desobrigação do uso de máscara em ambientes abertos no Arquipélago. "Por causa da vacina, podemos anunciar hoje uma conquista para a população de Fernando de Noronha, que é a desobrigação do uso de máscara em espaços abertos. Essa é uma medida segura, já que toda população elegível da ilha está completamente vacinada, e a entrada só é possível com pessoas também vacinadas. O último caso registrado em Noronha foi há mais de um mês, em 10 de setembro, e o paciente teve apenas sintomas leves. Já o último caso grave foi há mais de quatro meses, em junho, o que mostra como a vacina tem sido eficaz no controle da doença na Ilha", lembrou.

No entanto, é importante salientar que a medida não é válida para o resto do Estado de Pernambuco. "Ainda não há condições sanitárias para fazer isso. Precisamos avançar mais na vacinação e no controle da pandemia para que medidas como essa possam chegar aqui no continente. Estamos com 60% da população elegível acima de 12 anos imunizada, e temos o objetivo de vacinar ainda 500 mil pernambucanas e pernambucanos que estão com a segunda dose atrasada. Precisamos de um esforço coletivo, do compromisso de cada um com a saúde de todos para voltar à normalidade e superar a pandemia", disse.

"Até a população flutuante que costuma trabalhar lá está completamente vacinada. Temos mais de 100% da vacinação completa na ilha e a vacinação com a terceira dose também está em dia lá, não temos atrasos vacinais, o que é muito importante na tomada de decisão. Aqui no continente estabelecemos como meta mínima para pensar nessa questão da desobrigação em ambientes, atingirmos o patamar de 80% da população totalmente vacinada. Outros estados estão fazendo com patamares menores, mas não queremos fazer uma medida que possa trazer algum ambiente de insegurança. Nesse momento, a decisão do nosso comitê é que o patamar de 60% que temos hoje ainda não é o suficiente, do ponto de vista sanitário, para pensarmos em abrir mão das máscaras em nenhum ambiente", contou o secretário André Longo.

Por sua vez, a secretária Executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, comunicou a liberação das festas de réveillon e festas públicas em ambientes abertos no arquipélago. "Diante do cenário apresentado pelo secretário André Longo, hoje, a gente já traz anúncios importantes para uma série de setores e segmentos sociais. Vamos poder anunciar oficialmente a liberação das festas de réveillon em Fernando de Noronha, inclusive a festa pública em ambientes públicos abertos. E, a partir do dia 17 de novembro, nos espaços abertos, será liberada a utilização da máscara, não sendo obrigatório o uso desde que não haja aglomeração e as pessoas respeitem o distanciamento social. Hoje é um dia de grandes conquistas e avanços graças ao comportamento da população, que vem colaborando. O nosso comportamento é fundamental em respeito aos protocolos, que permanece", informou.

Já o secretário de Turismo, Rodrigo Novaes, reafirmou as ações. "A desobrigação do uso de máscara e garantia do réveillon é uma confirmação muito importante e a gente assegura que Pernambuco faça a melhor retomada dessa pandemia". 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Brasil descarta exigir passaporte sanitário
Erupção de vulcão na ilha de Java deixou 34 mortos
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Grupo Diario de Pernambuco