Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

HOSPITALMED

Centro de Convenções recebe feira de negócios voltada para o setor de Saúde

Por: Iris Costa

Publicado em: 20/10/2021 22:21

O evento começou nessa quarta-feira (20) e segue até a sexta, com expectativa de público total em torno de 20 mil pessoas (Foto: Rômulo Chico/DP Foto)
O evento começou nessa quarta-feira (20) e segue até a sexta, com expectativa de público total em torno de 20 mil pessoas (Foto: Rômulo Chico/DP Foto)

Começou, nessa quinta-feira (20), a nona edição da HospitalMed, uma das principais feiras de negócios voltadas para a área da saúde no norte e nordeste. O evento, que acontece no Centro de Convenções, reúne empresas de equipamentos e serviços hospitalares, além de profissionais da saúde interessados em acompanhar as principais novidades e inovações do setor. A expectativa é de que até sexta-feira (22), último dia da programação, sejam recebidos mais de 20 mil visitantes.

Segundo o presidente da HospitalMed, Rodrigo da Fonte, o fluxo de pessoas observado somente no primeiro dia de evento aponta que as previsões traçadas, já otimistas, podem ser superadas. “A gente está muito feliz. É a primeira feira de saúde a ser realizada pós-pandemia, e vai ser a única realizada em 2021. Em relação à expectativa de público, esse primeiro dia superou as nossas expectativas. Realmente posso dizer que os expositores estão felizes, elogiando a feira e a organização. A gente espera que no segundo e terceiro dia possamos aproveitar ao máximo e fazer um grande lançamento da décima edição, que vai acontecer em 2022”, comentou Rodrigo.

Ao todo, a HospitalMed conta com mais de 200 expositores e 400 marcas, além de uma grade de eventos paralelos, entre workshops e congressos. Segundo Carol Baía, diretora comercial do evento, apesar do sucesso com o preenchimento das vagas, a pandemia dificultou a organização da feira pela longa espera.

“Não foi fácil. A gente ficou um ano e meio entre home office e escritório. Nessa rotina foi bem difícil, mas tivemos a parceria dos clientes. Eles foram segurando, segurando, para ver onde ia dar. Tivemos vários cancelamentos. Após vários retornos, no final a gente tinha muita empresa querendo e, graças a Deus, não tinha mais espaço porque começaram a ver que o negócio ia acontecer. Obviamente, a gente teve muito cuidado. Por sermos uma feira de saúde, nós tínhamos que dar o exemplo. Somos a única feira de saúde do Brasil que está acontecendo presencialmente em 2021, tivemos essa coragem”, comentou Baía.

Somada à geração de negócios, HospitalMed 2021 também apostou na grade de conteúdos do evento. Ao todo, são mais de 50 eventos paralelos, distribuídos em mais de 150 horas de debates, estudos de casos e informações exclusivas aos participantes. Para que toda a estrutura funcionasse, sem prejuízo a quantidade de visitantes, a organização do evento aguardou pacientemente pelo momento mais propício.

“É importante a gente citar que para a gente fazer uma feira de saúde a gente precisa seguir todos os protocolos que existem para o setor de feiras. A gente já estava liberado para fazer desde maio deste ano. Mas a gente decidiu não fazer, porque a gente não ia ter visitantes. A gente está no momento de retomada do setor e da economia. A gente sente isso inclusive na própria visitação da feira, que praticamente não teve impacto em relação a 2019. Os protocolos feitos para liberação das feiras de negócios ajudaram, mas a credibilidade, especialmente dos nossos clientes, e a garra da equipe para não desistir fizeram toda a diferença”, complementou Tatiana Menezes, diretora da HospitalMed.
Tatiana Menezes, Rodrigo da Fonte e Carol Baía, organizadores da feira (Foto: Rômulo Chico/DP Foto)
Tatiana Menezes, Rodrigo da Fonte e Carol Baía, organizadores da feira (Foto: Rômulo Chico/DP Foto)


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Carnaval: a tragédia anunciada de uma nova onda de Covid-19
Bolsonaro vê como provocação recepção de Lula por Macron
Manhã na Clube: entrevistas com Laura Gomes (PSB), Micaelly Duarte e José Lopes
Movimento Educar: panorama completo de matemática para o Enem
Grupo Diario de Pernambuco