Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

CPI DA COVID

CPI da Covid aprova convocação de ex-mulher de Bolsonaro

Publicado em: 15/09/2021 16:18 | Atualizado em: 15/09/2021 16:20

 (foto: REDES SOCIAIS/Reprodução)
foto: REDES SOCIAIS/Reprodução
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, aprovou, nesta quarta-feira (15), o requerimento que pedia a convocação da ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Ana Cristina Valle, mãe do filho 04 do presidente, Jair Renan Bolsonaro.
 
O requerimento foi pedido pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). O único voto contra a convocação foi do senador governista Marcos Rogério (DEM-RO).
 
Nas redes sociais, Vieira repercutiu o assunto. "A CPI aprovou meu requerimento de convocação de Cristina Bolsonaro, para que seja esclarecida a sua participação na atividade de lobistas que buscavam vantagens em nomeações e contratos. A investigação precisa ser rápida e efetiva. A lei é para todos", disse.
 
Renan Bolsonaro e Anna Cristina Vale se mudaram para uma mansão localizada no Lago Sul, uma das áreas mais nobres de Brasília. O imóvel é avaliado em R$ 3,2 milhões. Antes, os dois viviam em um apartamento registrado no nome do chefe do Executivo, de 70 metros quadrados. 

Recentemente, a ex-mulher do presidente foi acusada de ser a mandante de um esquema de rachadinhas. 

Cristina está envolvida com alguns personagens da CPI acusados de corrupção dentro do Ministério da Saúde. O maior deles, Marconny Faria, suposto lobista da Precisa Medicamentos.

Ele mantinha contato com a secretária e também com o filho do presidente, Jair Renan. 
TAGS: cpi | ex | mulher | bolsonaro |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: José Queiroz (PDT), Kleiton Boschi, Clarissa de França e Cristina Pires
Skate feminino decola no Brasil após Olimpíadas
Manhã na Clube: Entrevistas com Sérgio Aroucha, Cloves Benevides e Carla Bensoussan
Após erupção do vulcão Cumbre Vieja, especialistas temem gases tóxicos
Grupo Diario de Pernambuco