Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

EDUCAÇÃO

Ex-aluno do Aria Social que passou em nove universidades dos EUA luta para poder estudar

Publicado em: 05/08/2021 10:41

 (Foto: Divulgação/Aria Espaço de Dança e Arte)
Foto: Divulgação/Aria Espaço de Dança e Arte
Fred Ramon, 20 anos, estudou no Aria Social, entidade que educa e profissionaliza crianças e adolescentes através da arte. Ele conta que essa experiência foi importante para ampliar os seus horizontes e para aprender a lutar por seus objetivos, principalmente o de estudar no exterior. O sonho do jovem foi concretizado com a aprovação em nove universidades dos Estados Unidos. Agora, ele luta para conseguir o dinheiro que falta para as despesas não cobertas pela bolsa de estudos e concretizar o seu sonho de estudar nos Estados Unidos.

“Fui muito bem acolhido no Aria, onde fiz um curso de Dança. Aprendi muitos movimentos, maracatu, dança popular, estiquei o meu corpo. A partir dessa experiência, fui contratado em um cruzeiro como instrutor de dança e fui dar aula em Dubai. Minha experiência no Ária foi fundamental para eu chegar onde cheguei, pois foi através dessa arte que ampliei os meus horizontes e aprendi e focar na realização dos meus sonhos”, conta Fred Ramon. 

O resultado dos estudos e do esforço do jovem ao longo da vida foi uma bolsa de 70% na universidade de Los Angeles, onde pretende cursar Ciência da Computação e Estudos Globais. Ele também foi aprovado nas Universidades de Inovação ASU; Manhattanville College; Florida Tech; Temple University; University of Arizona; Stetson University; Adelphi University; e University of La Verne. 

Depois dessa conquista, Ramon agora luta para conseguir os recursos necessários para custear os estudos, a parte das despesas não coberta pela bolsa. “A bolsa cobre 70% das despesas, mas preciso dos outros 30% para poder estudar na universidade americana. São cerca de R$ 158 mil por ano. Por isso, estou promovendo uma vaquinha virtual para arrecadar o dinheiro necessário para a viagem”, conta. Quem quiser colaborar com o estudante pode fazer um depósito via PIX para o endereço 81997210197. Se tudo der certo, Ramon viaja ainda este mês de agosto.

A diretora do Aria Social, Cecília Brennand, destaca que todas as conquistas de Fred Ramon foram fruto da inteligência dele. “O papel do Aria nessa conquista foi o de estimular as competências de Ramon, de incentiva-lo a acreditar nos seus sonhos. O Aria o ajudou a redimensionar o seu olhar sobre a vida através da arte. Essa é a missão da nossa entidade: promover a transformação humana através da arte-educação”.

Estudante de escola pública, filho de uma faxineira, com a infância marcada pela pobreza, no Bairro de Cajueiro Seco, Jaboatão dos Guararapes, Ramon retrata bem o perfil dos jovens atendidos pelo Aria Social. A entidade atende cerca de 450 crianças e adolescen-tes em situação de vulnerabilidade social, que recebem reforço escolar, português e raciocínio lógico, e participam de cursos profissionalizantes, como música e dança. Cerca de oito mil crianças e jovens já foram beneficiados pelo projeto.

O Aria Espaço de Dança e Arte, localizado em Jaboatão dos Guararapes (PE), foi fundado há 29 anos pela bailarina Cecilia Brennand e, em 2004, ganhou um novo propósito, passando a ser uma instituição sem fins lucrativos (OSCIP) e a se chamar Aria Social, Educando e Profissionalizando Através da Arte. A entidade sobrevive com o apoio de patrocinadores, parceiros, e voluntários. Conheça mais através do site www.aria.art.br e seja um colaborador.
TAGS: ex-aluno | educação | eua | arte | dança |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Medicamento contra Covid-19 é recomendado pela OMS
Manhã na Clube: José Queiroz (PDT), Kleiton Boschi, Clarissa de França e Cristina Pires
Skate feminino decola no Brasil após Olimpíadas
Manhã na Clube: Entrevistas com Sérgio Aroucha, Cloves Benevides e Carla Bensoussan
Grupo Diario de Pernambuco