Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

PROTEÇÃO

Bolsonaro impõe sigilo de 100 anos aos crachás de acesso dos filhos

Publicado em: 31/07/2021 16:40

A Presidência assumiu a existência dos cartões em documentos apresentados à CPI da Covid (EVARISTO SA/AFP)
A Presidência assumiu a existência dos cartões em documentos apresentados à CPI da Covid (EVARISTO SA/AFP)
O governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) impôs um sigilo de 100 anos sobre informações dos crachás de acesso ao Palácio do Planalto que estão em nome dos filhos Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

A existência dos cartões foi informada pela própria Presidência da República à CPI da Covid-19 no mês passado. O sigilo de 100 anos imposto por Bolsonaro foi descoberto pela revista Crusoé após pedido de informações pela LAI (Lei de Acesso à Informação). 

"As informações solicitadas dizem respeito à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem dos familiares do senhor Presidente da República, que são protegidas com restrição de acesso, nos termos do artigo 31 da Lei nº 12.527, de 2011", diz trecho da resposta da Secretaria-Geral da Presidência.

A publicação já havia informado que Carlos Bolsonaro usou o crachá para entrar no Palácio do Planalto em 32 oportunidades. As visitas ocorreram entre abril de 2020 e junho deste ano. O vereador do Rio de Janeiro tem acesso livre ao gabinete da Presidência. Já Eduardo Bolsonaro visitou o gabinete três vezes em abril do ano passado.
TAGS: sigilo | filhos | bolsonaro | covid |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Combate à gordofobia vira lei no Recife
Medicamento contra Covid-19 é recomendado pela OMS
Manhã na Clube: José Queiroz (PDT), Kleiton Boschi, Clarissa de França e Cristina Pires
Skate feminino decola no Brasil após Olimpíadas
Grupo Diario de Pernambuco