Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

ELEIÇÕES 2022

'Não é momento de falar de eleição', destaca Raquel Lyra (PSDB)

Publicado em: 11/05/2021 08:00 | Atualizado em: 11/05/2021 08:46

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), é um dos nomes cotados para concorrer ao governo de Pernambuco em 2022. O nome dela vem sendo ventilado tanto por situação quanto por oposição. Em recente encontro, em Brasília, os prefeitos Miguel Coelho (MDB) e Anderson Ferreira (PL) assuntaram o nome de Lyra para possível formação de chapa de oposição em Pernambuco. Em entrevista ao Diario de Pernambuco, ela afirmou que se sente lisonjeada pela lembrança, destaca que isso é fruto de um trabalho bem feito na sua gestão, mas pede que o foco seja a pauta da Pandemia em Pernambuco.  


“Não é momento de falar de eleição, falta mais de um ano, estamos em meio a uma pandemia e precisamos focar em suas resoluções, vacinar as pessoas e cuidar de quem precisa, bem como trabalhar na geração de emprego e renda para o nosso povo”, destacou Raquel (PSDB). 


Um dos objetivos da tucana na direção estadual da sigla, segundo adiantou à reportagem, é o fortalecimento do partido em Pernambuco com foco nas chapas proporcionais. “Sigo trabalhando para o fortalecimento do partido em nosso Estado, inclusive com a articulação para a disputa das eleições proporcionais do ano que vem”, afirmou em entrevista ao Diario. 


“Ela possui todas as credenciais. Eu considero que ela (Raquel) está colocada tanto para receber quanto para declarar apoio também. Ela possui credenciais para liderar essa chapa. Ela é, por todas as razões possíveis, uma liderança a ser considerada. Não existe, necessariamente, uma ordem nessa fila”, destacou o recém regressado ao partido, Armando Monteiro. 


Em off, uma figura tida como importante na sigla, assinalou a este repórter que “Raquel está indo bem nas costuras. Mas, ainda há muito o que se fazer. Ao que tudo indica, o foco dela não é o Executivo Estadual, ao menos, não agora”. Questionada sobre os motivos, a tucana vaticinou que o foco de Lyra (PSDB) é construir pontes e destacou que ela poderá começar a agenda com o foco nas construções das proporcionais já neste mês.    Outra possibilidade, conforme adiantou um auxiliar tucano, é a formação de uma chapada majoritariamente feminina. Entre os nomes citados, está o nome da deputada federal Marília Arraes (PT). Raquel, inclusive, esteve em Brasília em fevereiro e foi visitar Marília.  



Apoio

O presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, declarou, recentemente, apoio à possível candidatura de Raquel Lyra ao governo de Pernambuco em 2022. Durante entrevista à Rádio Clube AM, o ex-ministro da cultura e ex-senador Roberto Freire não titubeou ao responder o nome da prefeita como sua candidata preferida. “Venho acompanhando a sua excelente gestão em Caruaru”, justificou.


 

Estratégia  

Cotada como um dos nomes capazes de liderar uma frente de oposição ao PSB no estado no próximo ano, Raquel Lyra assumiu, em março, a presidência do PSDB em Pernambuco, em um movimento considerado estratégico. Paralelamente, foi confirmado o retorno do ex-senador Armando Monteiro ao partido.

 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Marília Arraes, Marcella Salazar e Aurimar Borges Jr
Presidente da Argentina faz ataques xenofóbicos ao Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com Tadeu Alencar e Túlio Rangel
Inflação tem maior alta para maio em 25 anos
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco