Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

POLÍTICA

'Sou a favor da aliança com o PSB', disse Samuel Salazar (MDB) sobre possível oposição dos partidos nas eleições 2022

Publicado em: 14/04/2021 10:34 | Atualizado em: 15/04/2021 09:40

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
O vereador Samuel Salazar (MDB) esteve na manhã desta quarta-feira, na Rádio Clube AM 720, em entrevista ao titular da coluna Diario Político, Rhaldney Santos, no programa Manhã na Clube, durante transmissão realizada no canal do Youtube do Diario de Pernambuco. Sobre o MDB lançar ou não uma candidatura ao governo do estado para 2022, que consequentemente, resultará em uma oposição ao PSB, o líder do governo do prefeito do Recife, João Campos (PSB), afirmou que, ainda não teve uma conversa com Raul Henry, presidente do partido, porém também adiantou que defende o governo João Campos. “Eu sou defensor dessa aliança, por conta da minha relação com João”, com isso, o vereador afirma que ainda é cedo para discutir sobre este assunto, mas afirma que é a favor da aliança com o PSB.

Samuel também falou sobre a administração de João Campos. “Todos os projetos apresentados pelo prefeito João Campos são projetos bons, promessas de campanha que foram cumpridas em menos de 90 dias, e ele tem trabalhado incansavelmente para melhorar cada vez mais a vida do cidadão”, disse. Salazar afirmou estar disposto, assim como o prefeito, e citou que continuará correndo atrás das soluções para o melhor do Recife.

“Confesso que foi uma surpresa quando João me chamou para ser líder do governo, eu não esperava, muito me honrou, falei isso para ele. De fato é uma missão trabalhosa, pois tem que ficar muito atento às pautas mais do que o normal. É muito honrada a missão”, contou o vereador sobre a experiência no governo do prefeito do Recife. “Estou gostando de ser líder do governo, é uma missão muito importante na casa, de destaque dentro da casa e estamos tocando com muita serenidade, maturidade e responsabilidade a esta missão que nos foi dada”, pontuou.

Até o momento, dos 10 projetos do executivo enviados, 9 foram aprovados na câmara. “Alguns são projetos emergenciais, muitos deles, inclusive, visando minimizar os impactos da pandemia”, disse o vereador dando exemplo dos projetos como, o Crédito Popular, do Auxílio Carnaval, AME Recife, entre outros. Salazar afirmou ter boa relação com todos os vereadores da casa, mesmo a legislatura contendo oposições fragmentadas, frisando que talvez isso facilite a aprovação de alguns projetos “e além disso os projetos são bons para cidade”.

Para os próximos 100 dias, a expectativa é a preparação da cidade para receber o inverno e “sempre minimizar os impactos da pandemia (...) Recife tem partido na frente sobre a vacinação, tem dado exemplo nacional”, comentou. Samuel também destacou que não tem pretensão de ser prioridade na fila da vacinação contra a Covid-19. “Eu quero que a propriedade seja dos outros, dos mais velhos, dos que realmente mais precisam. Tenho certeza que tem gente que precisa muito mais que eu”, pontuou, concluindo que espera que até dezembro todos estejam vacinados.

Sobre o cenário político nacional, Samuel afirmou que trata-se de um debate bastante amplo. “Tem gente que defende a aliança com o presidente Bolsonaro, tem gente que vai defender uma aliança com a esquerda (...) acredito que nesse ano terá muita conversa de muito amadurecimento para analisar qual melhor caminho o partido irá tomar ano que vem”, explicou Salazar sobre o posicionamento do partido para o futuro nome à presidência da república.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
ONU pede  investigação independente sobre chacina no Rio
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 07/05
Teich vincula renúncia à pressão de Bolsonaro para usar cloroquina
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 06/05
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco