Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

VACINA

Fiocruz recomenda aplicação das 2 milhões de doses de uma vez, sem guardar para reforço

Publicado em: 23/01/2021 19:30

 (Foto: AFP PHOTO / UNIVERSITY OF OXFORD / John Cairns)
Foto: AFP PHOTO / UNIVERSITY OF OXFORD / John Cairns
A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recomendou que todas as 2 milhões de doses da vacina de Oxford/ AstraZeneca sejam aplicadas de uma vez, sem guardar as doses de reforço. Isso porque, é possível aguardar 12 semanas para que a segunda dose seja aplicada. O prazo é diferente do da vacina CoronaVac, que a recomendação é de ser aplicada em até quatro semanas.

"A gente busca o intervalo ideal. Com 12 semanas seria a melhor eficácia, embora com outros intervalos também há imunização. Com a segunda dose, conseguimos prolongar a eficácia para 80%. Não sabemos ainda por quanto tempo dura a imunização, mas vamos acompanhar os voluntários por 12 meses", destacou Sue Ann Costa Clemens, coordenadora da pesquisa no Brasil em coletiva de imprensa neste sábado (23).

As duas milhões de doses da vacina importada do Laboratório Serum, na Índia, chegaram ao país na sexta-feira (22) e começaram a ser distribuídas neste sábado (23). Os primeiros imunizados com a vacina foram 10 profissionais de saúde na Fiocruz, já neste sábado.

Produção própria

Segundo a Fiocruz, a expectativa é que o ingrediente farmacêutico ativo (IFA) chegue ao Brasil até o início de fevereiro. A Fiocruz é quem produzirá as vacinas da Oxford/ AstraZeneca no Brasil. Porém, para começar a produção, o Brasil depende desse ingrediente, que é importado da China. Segundo a presidente da fundação, Nísia Andrade, o atraso na entrega do material foi devido a um erro de classificação cometido pela AstraZeneca, mas que já foi solucionado. Ainda segundo ela, caso a importação do material demore, existe a possibilidade do Brasil comprar mais doses prontas para continuar o processo de imunização.
TAGS: covid-19 | oxford | vacina | fiocruz |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Covid longa preocupa OMS e desperta desafios
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 25/02
Bolsonaro diz não ter briga com a Petrobras
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 24/02
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco