Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

FLEXPAG

Fintech pernambucana oferece serviço para parcelamento do IPVA

Publicado em: 22/01/2021 18:39 | Atualizado em: 22/01/2021 18:47

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
O ano novo traz consigo uma série de novos boletos para pagar: impostos, taxa de matrícula, material escolar, sem falar nas dívidas adquiridas para o Natal e Réveillon. Depois de um ano como 2020, esse reinício pode representar um momento ainda mais crítico para quem não conseguiu se planejar ou acumulou débitos de meses ou de anos anteriores. O IPVA, o licenciamento, multas e outras taxas referentes aos seus veículos podem ser pagos em mais de três vezes, como de costume.

Quem quiser quitá-los em um maior número de parcelas pode utilizar o Mais Boletos, serviço oferecido pela fintech pernambucana Flexpag. Com a solução, é possível usar o cartão de crédito de qualquer bandeira para pagar o débito com o Detran-PE e a Secretaria da Fazenda imediatamente e promover o parcelamento do valor no cartão de crédito em até 12 vezes e com até 3 cartões. Uma estratégica para replanejar os gastos e começar 2021 menos apertado.

Para oferecer o serviço, a Flexpag tem um convênio com o Detran-PE que facilita a vida de quem quer ficar em dia com o imposto veicular. Para utilizá-lo, basta se dirigir a um dos stands Flexpag nas sedes do Detran-PE, no Shopping Boa Vista, no Shopping Difusora (Caruaru) ou a um dos seus quiosques do Mais Boleto. No local, os atendentes vão usar o número da placa do veículo e do CPF do proprietário para puxar os débitos em aberto. Os dados são absorvidos pelo seu sistema que gera uma nova guia de pagamento a ser quitada com qualquer cartão de crédito.

“O parcelamento que oferecemos gera benefícios para todos os envolvidos. Quem vai pagar o IPVA 2021 em cota única, consegue, inclusive, aproveitar o desconto oferecido pelo órgão de trânsito. Para o órgão, é uma forma de reduzir a inadimplência que chega a 30% ao ano”, comenta Aloísio Neto, gerente Comercial e de Marketing da Flexpag. O débito é quitado em até duas horas. Se fosse pago numa instituição bancária tradicional, seria em 24 horas.

O serviço é prestado mediante o pagamento de pequena taxa, que equivale a um percentual do valor total do débito e é contabilizado mensalmente nas prestações. Essa taxa varia de acordo com a quantidade de parcelas. Quanto mais parcelas, menor os juros mensais. “Se o cliente escolhe pagar em seis vezes, os juros mensais que ele vai pagar é de 3,17%. Em caso de o cliente escolher a opção de pagamento em 12 vezes, a taxa fica 2,25% ao mês”, explica Aloísio. Caso não haja saldo suficiente em apenas um cartão, podem ser usados até três cartões diferentes.

Mais parcelas

O serviço oferecido pela Flexpag também pode ser usado para quitação de boletos em geral e de outros impostos, como IPTU, taxas de matrícula, mensalidades escolares e de instituições de ensino superior não só em Pernambuco, mas em outros estados como Ceará e Rio Grande do Norte através dos quiosques Mais Boleto. Também há a opção de utilizar essa flexibilidade com contas de consumo, como energia, água, telefonia e gás, já que a Flexpag tem contrato com concessionárias e distribuidoras desses serviços. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Secretários estaduais de Saúde pedem mais rigor nas medidas de restrição contra Covid-19
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 02/03
Com 93% de taxa de ocupação de UTIs, Pernambuco decreta mais restrições
De 1 a 5: saiba qual é seu perfil profissional e como tirar o máximo proveito dele
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco