Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

ESTADOS UNIDOS

Biden presta homenagem em Washington aos 400 mil mortos pela Covid-19 nos EUA

Publicado em: 19/01/2021 21:29

 (Foto: ROBERTO SCHMIDT / AFP)
Foto: ROBERTO SCHMIDT / AFP
Ao chegar a Washington na véspera de sua posse, o presidente eleito dos Estado Unidos, Joe Biden, prestou uma breve homenagem aos mais de 400.000 americanos que perderam a vida para o novo coronavírus.

"Às vezes é difícil recordar, mas é assim que curamos. É importante fazer isso como nação", disse Biden em declarações em torno do espelho d'água em frente ao Lincoln Memorial.

"Vamos acender as luzes na escuridão da fonte sagrada da reflexão e lembrar de todos que perdemos", disse Biden, o democrata de 78 anos enquanto 400 lâmpadas foram acesas em torno do espelho d'água em um memorial aos que morreram.

Os sinos das igrejas tocaram em Washington, enquanto as luzes do Empire State Building de Nova York brilhavam em vermelho, como um coração pulsante.

Biden, que também sofreu uma profunda tragédia pessoal e é conhecido por sua empatia, destacou a necessidade de unir a nação após o caos dos quatro anos de governo do presidente em fim de mandato, Donald Trump.

A véspera da inauguração é normalmente uma data de grandes multidões em Washington. Mas Biden, acompanhado pela vice-presidente eleita Kamala Harris, visitou o espelho d'água sob a visão extraordinária de um National Mall deserto, devido às restrições de reuniões sociais relacionadas à Covid-19 e aos alertas de segurança reforçados após o ataque mortal ao Capitólio em 6 de janeiro.

No extenso gramado do Mall, no lugar de multidões de simpatizantes, foram colocadas milhares de bandeiras do país e dos seus 50 estados para representar as pessoas que não puderam estar em Washington para a posse.

"Por muitos meses, sofremos sozinhos. Esta noite, sofremos e começamos a nos curar juntos", disse Harris - que faz história como a primeira vice-presidente do país - na breve cerimônia do espelho d'água.

"Embora possamos estar fisicamente separados, nós, o povo americano, estamos unidos em espírito."

No início da tarde, Biden fez uma despedida emocionada dos residentes de seu estado natal, Delaware, antes de voar para a cidade onde serviu por décadas como senador e depois por oito anos como vice-presidente.
TAGS: covid-19 | eua | biden |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Covid longa preocupa OMS e desperta desafios
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 25/02
Bolsonaro diz não ter briga com a Petrobras
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 24/02
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco