Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

Música

Pernambucano Igor de Carvalho lança EP gravado durante pandemia

Publicado em: 04/12/2020 12:20 | Atualizado em: 04/12/2020 12:31

 (Foto: Flora Negri/Divulgação)
Foto: Flora Negri/Divulgação

O cantor, músico e compositor pernambucano Igor de Carvalho lançou, nesta sexta-feira (4), o EP Querido caos,, gravado durante o distanciamento social provocado pelo coronavírus. O projeto agrega a já conhecida faixa Com todo o meu amor, parceria com a carioca Alice Caymmi, além de outras três inéditas: Você se foi, Fúria e Elixir. O trabalho é, de certa forma, uma espécie de continuação (ou fechamento do ciclo) do álbum Cabeça coração, lançado no começo de 2019 e marcado por timbres de percussão, cordas e metais que criam uma atmosfera de orquestra. Esse EP, no entanto, flerta com sonoridades mais leves, a exemplo do samba e do rockabilly. A poesia sobre as relações humanas continua presente.

"Desde o começo do ano eu já pensava em algo e tentei encontrar uma maneira de trabalhar. Eu liguei para o Rogério Samico (músico e produtor musical) e perguntei existiam possibilidade de ficar nesse bate bola”, conta Igor, sobre o início do processo de criação do EP. "Na época, eu não conseguia entender quais eram as canções que eu conseguia sustentar o discurso. Era o começo da pandemia, não sabíamos o que ia acontecer. Eu estava com muita música fofinha, alegre, para cima, mas não consegui gravá-las, mesmo gostando delas, porque o cenário não permitia sustentar."


Em Você se foi, Igor realiza uma parceria com o poeta pernambucano Giuseppe Mascena, com uma atmosfera que remete ao Cabeça coração. O clima muda um pouco em Com todo meu amor, lançada em outubro e composta por Igor ao lado dos pernambucanos Lula Queiroga e Juliano Holanda. A faixa flerta com o fado português, com o samba, com leves doses de reggae. Igor revela, inclusive, que essa música quase foi oferecida ao conterrâneo Johnny Hooker, que está preparando um novo álbum de estúdio.

"Estávamos com uma ideia de fazer alguns shows com a Alice Caymmi pelo Nordeste", fiz Igor, explicando como surgiu a parceria. "Mas aí veio a pandemia e tudo veio abaixo. E aí a parceria surgiu naturalmente. Eu até brinquei com ela: 'Parece que fiz essa música para aproveitar que você estava do lado'. Aconteceu pelo convívio pequeno e estreito que a gente tinha desde o começo do ano."

O rockabilly marca a faixa Fúria, a composição solo de Carvalho no EP. É um tipo de canção que usa desse gênero musical para consolidar um tom de revolta, assim como Igor já fez em Absurdo ser normal, de 2019. Elixir, por sua vez, é uma composição em parceria com Juliano Holanda, o mentor do coletivo Reverbo, que agrega vários artistas da cena autoral do Recife. A música simboliza o final de um ciclo e a esperança de um novo começo, como pede o contexto da pandemia.

"Eu fiz esse EP mais conectado ao violão. Acho que a sua 'cor' está parecida com o Cabeça coração. É como se fosse uma continuação, para finalizar. Era necessário cantar um pouco mais, como uma maneira de complementar. Quando formos para os shows ao vivos, esse EP tem músicas que vão tapar buraquinhos que que acho que existem. A função desse EP está muito ligada às necessidades do coração", finaliza Igor de Carvalho.

O EP "Querido Caos," está disponível nas plataformas de streaming.

Ouça Com Todo o Meu Amor, parceria com Alice Caymmi:

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com o Fernandinho Beltrão #369 #370 Isolamento geografico, reprodutivo e genético
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 15/01
Amazonas anuncia toque de recolher
Reino Unido proíbe voos do Brasil
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco