Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

MÚSICA

Emicida e Ivete Sangalo cantam sobre boas vibrações em parceria inédita

Publicado em: 25/09/2020 11:11

O single se inspira nos sonhos de mais de sete mil mulheres que foram entrevistadas pela Natura e é lançado com um clipe que retrata a história de três personagens (Foto: Julia Rodrigues/Divulgação e Reprodução/Instagram @ivetesangalo
)
O single se inspira nos sonhos de mais de sete mil mulheres que foram entrevistadas pela Natura e é lançado com um clipe que retrata a história de três personagens (Foto: Julia Rodrigues/Divulgação e Reprodução/Instagram @ivetesangalo )

"Qual é o seu grande sonho?" Essa foi a pergunta que permeou uma pesquisa promovida pela Natura que deu origem à música Trevo, figuinha e suor na camisa, escrita por Emicida e gravada pelo rapper em parceria com Ivete Sangalo. Ao todo, 7,5 mil mulheres consultoras da empresa responderam ao questionamento com anseios, desejos e planos e inspiraram a faixa lançada nesta sexta-feira (25) nas plataformas digitais. O lançamento vem atrelado a divulgação do clipe no YouTube.

"Nosso desejo, desde o princípio era transformar esse conteúdo em uma leitura artística e poética desse universo de sonhos - essencialmente de mulheres -, mas que refletem a população brasileira. Quando nos demos conta da riqueza desse material, convidamos a Lab Fantasma para fazer realização do projeto", explica Fernanda Paiva, Head of Global Cultural Branding da Natura. "O Emicida, que é um dos maiores poetas da nossa geração, teve total liberdade para construir a letra, fazendo uma interpretação dos sonhos das consultoras, e propôs essa parceria inédita com Ivete Sangalo para gravar essa canção", completa.



Na canção, Emicida versa com Ivete Sangalo sobre esses sonhos tão comuns, como uma casa, uma formação acadêmica e uma viagem: "É o primeiro diploma/ A viagem/ A nova porta que se abre/ Da janela do carro o vento diz:/ Esteja atento aos milagres/ Eu joguei pro universo/ Pedi um novo dia/ Onde tudo se ajeita/ E nossa colheita/ É paz e alegria". "São sonhos comuns a muitos brasileiros, como a conquista de uma casa própria, cuidados com a saúde, o bem-estar da família, o crescimento profissional dentro do ramo de atividade que atuam, a conclusão da faculdade ou de um curso profissionalizante, realizar uma viagem de férias. Esses são os desejos mais comuns mapeados pela pesquisa", afirma.

Esses sonhos também estão retratados no videoclipe de Trevo, figuinha e suor na camisa, uma animação feita pelo Lab Fantasma com direção de Felipe Macedo e Cadu Macedo, com roteiro de Yasmina Thayná e ilustrações de Julio Zukerman. Enquanto Emicida e Ivete cantam, o clipe mostra a história de três personagens fictícias, mas que se inspiram nas respostas reais. "O resultado é uma canção que convida as pessoas a sonhar e a construir um mundo mais bonito. Acreditamos que as histórias e as aspirações que serviram de inspiração para essa parceria são capazes de incentivar outras pessoas a transformarem suas próprias vidas e, como consequência, suas comunidades", avalia Fernanda.

A parceria entre a Natura e a Lab Fantasma começou em 2014, quando Emicida foi patrocinado pelo Edital Natura Musical para o lançamento do premiado Sobre crianças, quadris, pesadelos e lições de casa, segundo álbum de estúdio do artista. Em seguida, foi realizada uma parceria para o São Paulo Fashio Week, que deu origem ao lançamento das coleções históricas da Lab Fantasma. No ano passado, Emicida foi novamente patrocinado pelo Edital Natura Musical para um projeto relacionado ao disco AmarElo, outro projeto que já tinha conexão com sonhos.

Confira o making off:
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Resumo da semana: 5 anos do surto de microcefalia, Covid suspende aulas e nova pesquisa no Recife
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #289 - Colênquima e esclerênquima
Rhaldney Santos entrevista Dra. Larissa Ventura, oftalmopediatra
Rhaldney Santos entrevista João Campos (PSB)
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco