Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

SOLIDARIEDADE

Rede de Bancos Populares de Alimentos arrecada doações para famílias em vulnerabilidade

Publicado em: 08/08/2020 12:26 | Atualizado em: 08/08/2020 15:07

 (Foto: Darliton Silva/Comunicação Mãos Solidárias)
Foto: Darliton Silva/Comunicação Mãos Solidárias
Neste momento de combate à Covid-19, a solidariedade se multiplica e se torna uma das principais formas de enfrentar as consequências da pandemia. Uma dessas ações solidárias é a Rede de Bancos Populares de Alimentos, projeto idealizado pela Campanha Mãos Solidárias em conjunto com outras organizações parceiras. 

Na manhã deste sábado (8), aconteceu o lançamento da Rede de Bancos Populares de Alimentos, no “Banco Mãe” - que será o ponto central de distribuição dos alimentos - localizado na rua 1º de Março, no bairro de Santo Antônio, Centro do Recife. No ato de lançamento foram entregues cerca de 10 toneladas de alimentos doados por agricultores familiares do interior de Pernambuco.

A cerimônia de lançamento contou com a presença do coordenador geral da campanha Mãos Solidárias, Paulo Mansan, e nomes importantes como arcebispo auxiliar de Olinda e Recife, Dom Limacedo; os reitores Alfredo Gomes, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e Marcelo Carneiro Leão, da Universidade Federal Rural (UFRPE); o superintendente da Santa Casa de Misericórdias, Amaro Lins; além de representantes de entidades sociais, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT/PE), Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado (FETAPE) e da Articulação Semiárido em Pernambuco (ASA-PE).

 (Foto: Darliton Silva/Comunicação Mãos Solidárias)
Foto: Darliton Silva/Comunicação Mãos Solidárias

Rede de solidariedade 

O intuito do projeto é criar uma rede de solidariedade que consiga arrecadar alimentos e distribuí-los para famílias em situação vulnerabilidade. A ideia é que o Banco Mãe sirva como base para o recebimento de doações de pessoas físicas e jurídicas. 

Estas doações serão distribuídas para os 21 Bancos Populares de Alimentos descentralizados, localizados em comunidades do Recife e da Região Metropolitana, depois disso o alimento será entregue às famílias. Dentro das próprias comunidades, os Agentes Populares de Saúde também farão parte das atividades do projeto e estarão arrecadando alimentos e produtos de limpeza para doação. 

O Banco Popular Solidário de Alimentos é idealizado e realizado pela Campanha Mãos Solidárias, uma iniciativa que visa organizar ações de solidariedade nas comunidades da RMR e no interior, garantindo ajuda às pessoas em situação de vulnerabilidade, fortemente prejudicadas pela pandemia da Covid-19. O projeto também é realizado em parceria com a Frente Brasil Popular, a Arquidiocese de Olinda e Recife, a Campanha Periferia Viva e a FioCruz.

Além disso, a Rede tem o apoio da Articulação Semiárido em Pernambuco (ASA-PE), Via Campesina, Movimentos dos Trabalhadores e Trabalhadoras sem Terra (MST), Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco  (FETAPE), Movimento dos Trabalhadores por Direitos (MTD), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), entre outras instituições.

Como Ajudar? 

Para apoiar o projeto, pessoas físicas e jurídicas poderão fazer doações de alimentos, produtos de limpeza e também em dinheiro. As doações serão recebidas na Banco Mãe, localizado na rua 1º de Março, nº 34, ao lado do Armazém do Campo, no bairro de Santo Antônio. Para mais informações sobre o projeto ou sobre como doar, o interessado pode entrar em contato pelo número (081) 98182-8197 ou comparecer ao espaço. Para doar em dinheiro, as pessoas poderão depositar na conta da Associação da Juventude Camponesa Nordestina – Terra livre: 

Banco do Brasil
Agência 0697-1
Conta Corrente 58892-X (outros bancos, substituir o X por 0)
CNPJ 09.423.270/0001-80

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: Entenda por que a inflação dos alimentos disparou
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #259 O que é uma planta?
Rhaldney Santos entrevista Rodrigo Novaes e Otaviano Maroja
Rhaldney Santos entrevista o desembargador do TJPE Erik Simões
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco