Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

ENSAIOS

Revista Serrote lança edição gratuita com ensaios sobre os impactos da pandemia

Publicado em: 07/07/2020 09:08 | Atualizado em: 07/07/2020 12:45

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação

A revista Serrote lança uma edição especial, gratuita e digital, trazendo reflexões sobre o atual momento de exceção. A publicação que reúne ensaios de diversos escritores já está disponível para download (clique aqui). Para promover a nova edição, na quarta-feira (8), às 17h, o historiador argentino Federico Finchelstein discutirá como, ao negar a pandemia, chefes de Estado reproduzem estratégias fascistas de propagação de mentiras. Já na outra quarta-feira (15), às 17h, o jornalista Jefferson Barbosa falará sobre a atuação dos coletivos no combate à covid-19 nas periferias.

A revista traz seis artigos inéditos, com edição produzida em isolamento social, que tratam da situação política do Brasil no contexto da pandemia. Além dos textos novos, a Serrote publica a tradução de um artigo do historiador italiano Carlo Ginzburg. Em O vínculo da vergonha, Ginzburg investiga como podemos repensar as relações entre indivíduos e comunidades a partir do sentimento de vergonha. "Há muitos anos, percebi de repente que o país a que pertencemos não é, como quer a retórica mais corrente, o país que amamos, e sim aquele do qual nos envergonhamos", afirma. Escrito em 2010, o texto ganha nova dimensão no contexto da atual crise sanitária e econômica.

Outro destaque é o ensaio de Federico Finchelstein, que participa da live no dia 8. Em O líder fascista como encarnação da verdade, o autor afirma que as atuações de Donald Trump e Jair Bolsonaro no enfrentamento da epidemia são amparadas em práticas autoritárias, de negação dos fatos. “Um eixo central dessa história, que parece se repetir em países como os Estados Unidos e o Brasil, é a ideia de um líder que se considera a encarnação da verdade e, com suas mentiras, enfraquece a democracia e chega até a estimular a expansão da covid­19”, escreve.

Em Nosso apocalipse zumbi, a poeta e tradutora Stephanie Borges reflete sobre como a obsessão contemporânea pela figura do morto-vivo pode ajudar a entender o momento político brasileiro. Na lógica perversa dos filmes de zumbi, assim como na retórica bolsonarista, diz ela, quem se alia à morte e demonstra o maior desprezo pelo outro ainda consegue se imaginar como herói. Em contraponto a isso, Borges recorre ao imaginário afrofuturista para engendrar outras realidades.

Jefferson Barbosa, que participa da conversa do dia 15, assina o texto Estratégias para ficarmos vivos. Editor do PerifaConnection, plataforma de disputa de narrativa sobre as juventudes negras e periféricas, ele relata suas experiências com os coletivos que estão na linha de frente da campanha contra a covid-19 nas periferias, distribuindo cestas básicas, combatendo a desinformação e denunciando a violência policial. “Não podemos contar com um governo desumano que empurra o povo para valas comuns e que bem poderia ter como lema ‘Medo e ódio', afirma.

Já a filósofa Carla Rodrigues assina o artigo Os fins do luto, no qual enlaça as dimensões pessoais e coletivas da perda em tempos de pandemia. Segundo a autora, o confinamento pode ser comparado a um processo de luto, “cada um tentando se equilibrar no seu isolamento, no medo, na tentativa de perder os mortos sem abandoná-los”. De olho em Brasília, nas periferias e na vida em distanciamento social, Gabriel Giucci, No Martins e Veridiana Scarpelli assinam ensaios visuais, uma das marcas da revista impressa –  que volta a circular normalmente em novembro.
 
Serviço
Edição especial Serrote
Download no seguinte link:
https://www.revistaserrote.com.br/2020/07/serrote-edicao-especial/

Lives de lançamento
Pandemia e fascismo, debate com Federico Finchelstein
Quarta-feira (8), às 17h
Transmissão ao vivo no YouTube: youtube.com/user/imoreirasalles

Pandemia e periferias, com Jefferson Barbosa
Quarta-feira (15), às 17h
Transmissão ao vivo no YouTube: youtube.com/user/imoreirasalles
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura do Recife  Túlio Gadêlha
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #392 Sucessão ecológica
A nova cara da Conde da Boa Vista, velha conhecida dos recifenses
Rhaldney Santos entrevista a pré-candidata à prefeitura do Recife Marília Arraes
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco