Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

Solidariedade

Paróquia de Tamandaré faz campanha e arrecada cestas básicas para ajudar famílias locais

Publicado em: 03/07/2020 10:57

 (Reprodução/Instagram )
Reprodução/Instagram
A fome não pode esperar, e nunca pôde. Durante o período de pandemia, famílias em situação de vulnerabilidade social no município de Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco, passaram a receber doações de cestas básicas através de projetos realizados pelo padre Arlindo de Matos Júnior, da paróquia de Tamandaré, com o intuito de minimizar os agravantes sociais trazidos pela crise do novo coronavírus.

A cidade de Tamandaré tem cerca de 23 mil habitantes, onde a área mais afetada é a Zona Rural, com 2,5 mil famílias. Grande parte destes núcleos familiares trabalham em engenhos e usinas de cana-de-açúcar que reduziram a produção durante o isolamento. Os moradores que vivem no centro da cidade se dividem entre comerciantes e ambulantes, e também sofreram com a sua fonte de renda reduzida ou suspensa.

Para ajudar em necessidades básicas as famílias do município, o padre Arlindo resolveu realizar mais uma campanha. Desta vez, pediu aos fiéis que ao invés de realizar a sua tradicional festa de aniversário, no dia 19 de julho, fizessem doações de alimentos para serem distribuídos nas comunidades locais. E estipulou uma meta: duas mil cestas até a data de celebração. O padre informou ter arrecadado 600 cestas até a última quarta-feira (1).

“Durante todo o período de pandemia conseguimos doar em torno de nove mil cestas básicas, uma média de 120 toneladas de alimento. As pessoas vem aqui espontaneamente, trazem os alimentos ou então doam pela nossa conta bancária, que foi aberta destinada apenas para as doações. Entre os alimentos que mais pedimos e que temos muita dificuldade de reunir são leite em pó e fubá, é uma característica regional”, contou.

Para dar conta de todas as doações, padre Arlindo também informou que possui uma equipe de voluntários divididos nas atividades de arrecadação e distribuição das doações.

“Temos uma equipe para montar as cestas, outra para organizar o estoque e vamos com a fé e esperança que nunca decepcionam.Como padre eu sou pai de uma comunidade que independe do credo religioso, não importa quem vai ou quem não vai para a missa. Nesse momento a palavra é solidariedade e vontade de ajudar o próximo, o exercício do amor. Nenhum vírus pode arrancar a alegria e a força do amor”, desabafa.

Aqueles que estiverem interessados poderão doar qualquer valor para a campanha A Fome Não Pode Parar 2 através da conta bancária oficial do padre. A paróquia de Tamandaré também recebe doações em forma de cestas básicas ou alimentos separados. Os projetos também podem ser acompanhados através do instagram @afomenaopodeesperar  

Serviços
Conta: 64992911-7
Banco:0260 - Nubank (NU Pagamentos)
Agência:0001
 
Arlindo Laurindo de M. Júnior
CPF:733.185.074-15
 





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Resumo da semana: adolescente trans ganha novo registro, chacina em Ipojuca e alívio na pandemia
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
OMS descarta transmissão da Covid-19 por alimentos
Suspeito de assassinar blogueiro e filho adolescente em Rio Formoso se entrega
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco