Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

Minas Gerais

Circo ensaia projeto drive-in para superar pandemia do coronavírus

Publicado em: 11/07/2020 17:31

 (Circo Khronos/Divulgação)
Circo Khronos/Divulgação
Seguindo um movimento que surgiu na Europa, o Circo Khronos desenhou um projeto para driblar a crise e continuar levando diversão ao “respeitável público”. O grupo vai estrear um modelo de apresentação drive-in, onde o público acompanha o show de dentro do carro. “O circo vai ficar posicionado no centro, sem lona, onde os artistas vão se apresentar, e o carros ficam em volta, formando um círculo”, explica Luciano Rangel, gestor familiar do Khronos. “No formato que estamos montando, vai ser pioneiro aqui no Brasil”, comenta. 

Luciano garante que o modelo é seguro e a equipe vai seguir todas as recomendações dos órgãos de saúde. “Os carros vão manter uma distância de 1,5 metro. Nossos funcionários vão receber e direcionar o público devidamente equipados com máscaras e mantendo todo o rigor de higiene”, explicou. O projeto ainda precisa de liberação dos órgão de segurança de Uberaba, mas já foi aprovado na primeira fase. O circo drive-in vai ter capacidade de receber uma média de 30 carros por apresentação.

“Os circos estão parados no mundo todo. Não sabemos até quando vai isso. Temos que nos reinventar”, afirma o administrador do Circo Khronos Edilson Queiroz, de 67 anos, 60 deles dedicados à arte. Ele sabe que, agora, o malabarismo é pela sobrevivência. “O circo vive de bilheteria. Sem ela não temos de onde tirar o sustento. Se não é o povo de Uberaba, nós estávamos até passando fome”, comenta.

A busca por novas formas de levar alegria ao público e também sobreviver tem mobilizado outros artistas que vivem do circo. As acrobacias dos Irmãos Power, circo do Rio Grande do Norte, montado em Ilicínea, no Sul Minas, vão trocar os palcos e festas de rodeio, onde costumavam se apresentar, pelas transmissões ao vivo na internet. “Estamos com um projeto de fazer lives para arrecadar algumas doações e continuar fazendo nossa arte”, conta Leandro Power, acrobata e palhaço, que nasceu no circo da família.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Comerciantes de praias do estado protestam em frente ao Palácio
Grande explosão atinge Beirute, capital do Líbano
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura do Recife  Paulo Rubem
Aumenta tensão entre o STF e o Facebook por conta de ordem de exclusão de perfis
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco