Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

CORONAVÍRUS

Brasil não atingiu 'imunidade de rebanho', diz braço da OMS nas Américas

Publicado em: 14/07/2020 19:13

Diretora-geral da Opas, Carissa Etienne (Foto: SAUL LOEB / AFP)
Diretora-geral da Opas, Carissa Etienne (Foto: SAUL LOEB / AFP)
A Organização Pan-americana da Saúde (Opas), braço da Ogranização Mundial da Saúde (OMS) nas Américas, fez um alerta nesta terça-feira (14) ao continente, considerado atual epicentro da pandemia do novo coronavírus. A entidade informou que a região foi responsável por 64% das novas mortes por Covid-19 registradas na última semana e 60% de todos novos casos.

De acordo com a Opas, a mortalidade na região é preocupante. Nesta semana, o continente americano registrou 6,8 milhões de casos da doença e um total de 288 mil mortes. Os números correspondem a aproximadamente metade de todos os casos registrados no mundo inteiro.

O Brasil, segunda nação do mundo com maior número de casos e mortes pela doença, recebeu um alerta especial. Segundo a Opas, não há evidência de que nenhuma área do país tenha atingido a chamada  "imunidade de rebanho", que consiste em 50% a 80% da população já ter sido exposta ao vírus. 

"A pesquisa feita em Manaus encontrou prevalência de anticorpos na população bem menor do que o suficiente para caracterizar 'a imunidade de rebanho'. E estamos aprendendo a cada dia com a doença. É importante testar a população, mas não se pode dizer que imunidade foi atingida em Manaus e ainda há sobrecarga de leitos", afirmou o diretor do Departamento de Doenças Transmissíveis da Opas, Marcos Espinal. 

O orgão, no entanto, alerta que a estratégia não é recomendada para a contenção do vírus. Ainda segundo o diretor, pesquisas britânicas recentes mostram que os anticorpos que podem destruir o vírus podem enfraquecer em cerca de 3 meses, o que indicaria que a imunidade à doença é de curto prazo, como na gripe comum. "Não recomendamos a estratégia de tentar se buscar a imunidade de rebanho, porque os custos em número de vidas, na saúde pública e econômicos seriam massivos", disse.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
China detecta vírus da Covid-19 em frango brasileiro
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura de Jaboatão Pastor Severino
Vacina: 5,7 bilhões de doses já foram compradas no mundo
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco