Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

INFECÇÃO

Bolsonaro já declarou que poderia ter contraído Covid-19 e fez exames antes

Publicado em: 06/07/2020 22:16

 (Foto: Evatisto Sa/AFP)
Foto: Evatisto Sa/AFP
Nesta segunda-feira (6), o presidente Jair Bolsonaro confirmou que está com suspeita da Covid-19 e fez um exame no Hospital das Forças Armadas (HFA) para detectar ou não a doença. Esta é a quarta vez que o presidente passa por exames para diagnósitco de coronavírus. 

Os outros três exames feitos nos últimos meses derem negativo, porém, o presidente afirmou por diversas vezes que ele poderia ter contraído a doença. Em abril ele disse ''Talvez eu tenha pego esse vírus no passado e nem senti'', ao comentar o assunto em uma rádio. Mais recentemente, Bolsonaro disse aos seus apoiadores que que pode ter contraído novo coronavírus "20 vezes". 

"Apesar de estar no grupo de risco, eu sou o comandante da nação, tenho que estar no meio do povo. E ando no meio do povo. Eu já peguei 20 vezes este vírus, talvez, ou o vírus não quer papo comigo. É uma realidade. Vai contaminar muita gente. Parece que o time do Vasco tem um montão de cara com vírus lá. Vai pegar, e a grande maioria nem vai saber que pegou. Talvez é o meu caso. Assintomático", disse em frente ao Palácio da Alvorada.  

Resultados negativos 
Os resultados dos exames feitos pelo presidente só foram tornados públicos após uma ação judicial movida pelo jornal Estado de S. Paulo, já que o presidente se negou por diversas vezes a mostrar os resultados.

Os exames foram feitos porque parte da equipe que o acampanhou em viagem aos Estados Unidos, em fevereiro, foi contaminada pela doença, entre eles, o ministro do Gabinete da Segurança Institucional, general Augusto Heleno, e Bento Albuquerque, ministro de Minas e Energia. Ao todo, 22 pessoas da comitiva tiveram a doença. 

Na época, chamou a atenção que o presidente usou codinomes para fazer os testes. O primeiro foi feito em 12 de março, o nome do paciente consta como Airton Guedes. O segundo foi realizado em 17 de março, no nome de Rafael Augusto Alves da Costa Ferraz. No terceiro, o presidente foi identificado como paciente 05 e foi feito em 19 de março. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
De 1 a 5: entenda as diferenças entre os tipos de exames para a Covid-19
Bolsonaro convida Temer para missão no Líbano
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura de Jaboatão Adelson Veras
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco