Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

Enem 2019

Aplicação da UFPE é a segunda melhor escola da rede pública do Brasil

Publicado em: 06/07/2020 17:44

 (Foto: Alexandre Gondim/Arquivo DP)
Foto: Alexandre Gondim/Arquivo DP
O Colégio de Aplicação (CAp) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) teve o segundo melhor desempenho no Brasil, entre as escolas públicas, no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Ao considerar as escolas públicas e privadas, o Colégio de Aplicação ocupa a 14ª posição nacional, com média 684,55 na prova objetiva. Em Pernambuco, o Colégio de Aplicação tem a maior nota entre as escolas públicas e privadas.

Para o diretor do CAp-UFPE, Erinaldo Ferreira do Carmo, o resultado positivo é reflexo de um trabalho contínuo de formação do estudante, sem foco em rankings. “Não é uma preparação para o Enem, e sim uma formação contínua. Desde o 6º ano do Ensino Fundamental, as crianças aprendem na escola a trabalhar de forma crítica, autônoma, reflexiva, e isso segue até o 3º ano do Ensino Médio”, explica. Entre os diferenciais estão atividades de pesquisa e de monitoria realizadas com os estudantes. O diretor ressalta ainda o esforço coletivo dos alunos, das famílias, dos professores e dos técnicos administrativos do CAp-UFPE.

“A gente não atribui este sucesso a um critério, a um ponto só. É um conjunto de fatores”, concorda a ex-aluna Manuela Bastos, que terminou o Ensino Médio no CAp-UFPE no ano passado, fez o Enem 2019 e atualmente está no 1º período do curso de Direito da UFPE. Para ela, o Colégio de Aplicação destaca-se pelo corpo docente capacitado, projeto pedagógico diferenciado, acesso a bibliotecas, capacidade dos alunos, formação de vínculos com docentes e estudantes, apoio familiar, além da aproximação com o ambiente universitário, que a incentivou desde cedo a buscar o conhecimento.

Manuela também reforça a importância da valorização da educação pública. Para ela, é preciso “acreditar que, quando há investimento e quando há incentivos, a escola pública obtém resultados, sim, e são instituições que precisam ser defendidas cada vez mais”.

O Colégio de Aplicação da UFPE tem um total de 420 alunos, do sexto ano do ensino fundamental ao terceiro ano do ensino médio. Desses, 60 estudantes estão no terceiro ano do ensino médio, divididos em duas turmas de 30 alunos cada.

Os microdados do Enem 2019 foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)/Ministério da Educação (MEC). As informações foram tabuladas pelo jornal Folha de S. Paulo e publicadas no último dia 2. A tabulação da Folha excluiu escolas com menos de dez participantes no Enem e/ou aquelas em que menos de 50% do total de estudantes fizeram a prova. Segundo o jornal, a metodologia segue o mesmo critério utilizado pelo MEC em anos anteriores.

Na rede pública, a média mais alta da prova objetiva (687,24) no Brasil é do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa (UFV), em Minas Gerais. Entre as públicas e privadas, o Aplicação da UFV ocupa a 11ª posição no país. Em Pernambuco, a escola da rede privada com maior nota é o Colégio Cognitivo, com média 668,24 (prova objetiva). Nacionalmente, está na 43ª posição, entre escolas públicas e privadas.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
De 1 a 5: entenda as diferenças entre os tipos de exames para a Covid-19
Bolsonaro convida Temer para missão no Líbano
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura de Jaboatão Adelson Veras
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco