Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Últimas

Solidariedade

Durante isolamento social, doações ao Nacc diminuem; veja como ajudar

Publicado em: 26/03/2020 17:13 | Atualizado em: 26/03/2020 17:30

 (Foto: Google Street View/Reprodução)
Foto: Google Street View/Reprodução
Há 35 anos, o Núcleo de Apoio à Criança com Câncer (Nacc) oferece suporte a crianças carentes e suas famílias durante o tratamento nos centros de oncologia pediátrica no Recife. Mantido exclusivamente por doações e contando com a ajuda de profissionais e voluntários, a instituição beneficia, anualmente, cerca de três mil crianças e acompanhantes. No entanto, diante do cenário instalado da pandemia do novo coronavírus, a instituição social já sente uma queda nas doações.

"Nossas crianças não podem parar os tratamentos e agora com os cuidados redobrados já que se enquadram no grupo de risco dessa pandemia", ressalta a diretora do Nacc, a psicóloga Arli Pedrosa. Com as doações que recebe, a entidade consegue oferecer hospedagem; alimentação e fornecimento de cestas básicas, leite e suplementação alimentar; transporte e auxílio passagem; sala de aula, brinquedoteca e programas educativos; além de acompanhamento com profissionais de nutrição, fonoaudiologia, fisioterapia, terapia ocupacional e odontologia para apoiar o tratamento das crianças atendidas.

Parte do público recebido pelo Nacc, que tem sede no bairro dos Aflitos, Zona Norte do Recife, vem do interior de Pernambuco. Cerca de 44% dos atendidos têm esse perfil. São pacientes e famílias que dificilmente teriam como se manter na capital durante a luta contra o câncer. Outros 48% dos atendidos pela instituição são moradores da Região Metropolitana do Recife e 7% vêm de outros estados, principalmente de cidades do Norte/Nordeste.

A partir do trabalho realizado com seriedade e do apoio dado aos serviços de oncologia pediátrica do Imip, Hospital do Câncer, Hospital Oswaldo Cruz e para transplantados do Real Hospital Português, o Nacc vem sendo, há mais de três décadas, um aliado na luta contra o câncer infantil em Pernambuco.

Números

No ano passado, o Nacc fez 2.129 atendimentos a usuários albergados. A instituição recebeu 255 novos usuários, que puderam contar pela primeira vez com os serviços da instituição, a partir do encaminhamento dos hospitais onde iniciaram o tratamento contra o câncer. Outros 681 atendimentos foram direcionados a pacientes atendidos em trânsito, somando mais de 2,8 mil atendimentos em 2019.

Por meio das campanhas de doação, o Nacc recebeu e encaminhou para os seus usuários mais de 2,3 mil kg de leite em pó, mais de 35 mil fraldas descartáveis, ajudou na alimentação de quase 800 famílias com a entrega de cestas básicas e doou mais de 1,6 mil produtos de higiene pessoal. Foram realizados ainda, na instituição, mais de 1,4 mil atendimentos/procedimentos odontológicos e servidas mais de 86 mil refeições para pacientes e acompanhantes, entre outros números.

Para conhecer o trabalho realizado pelo Núcleo de Apoio à Criança com Câncer e entender como pode ajudar a instituição, seja com doações, voluntariado ou parcerias, acesse o site da instituição.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais lidas

mais lidas

Barrados na quarentena   o drama de quem não pode ficar em casa durante a pandemia
Resumo da semana: amor na pandemia, confinamento rastreado e mortes por Covid-19 em Pernambuco
Coronavírus: Como fica a distribuição de merendas na rede municipal do Recife
#FicaemcasacomODiario: Igor de Carvalho
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco