Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Últimas

Assembleia

Rodoviários não descartam possibilidade de protestos, paralisações e greve durante o carnaval

Publicado em: 19/02/2020 17:52

Foto: Rosália Vasconcelos/DP.
Em duas assembleias realizadas na manhã e na tarde desta quarta-feira (19), os rodoviários deliberaram, por unanimidade, pela continuidade de atos, protestos, paralisações e uma possível greve caso o Governo do Estado e as empresas de ônibus não atendam algumas demandas importantes da categoria. A principal queixa dos rodoviários é em relação à dupla função dos motoristas de ônibus, acumulada desde que os cobradores foram suprimidos de algumas linhas de ônibus que rodam na Região Metropolitana do Recife (RMR). A categoria também fez encaminhamentos sobre a demissão dos cobradores e fiscais, sobre a mudança no estatuto do Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, sobre a campanha salarial e contra as perseguições que têm acontecido na categoria. 

“Nós vamos enviar para Paulo Câmara e para o consórcio Grande Recife a exigência de que na próxima licitação do transporte rodoviário urbano tenha uma cláusula que assegure que cada ônibus da Região Metropolitana do Recife só posso circular com motorista e cobrador. O sindicato vai esperar a resposta do governador até amanhã. Caso ela não venha, nós poderemos realizar protestos no início e no meio do carnaval”, prometeu o representante da oposição dos rodoviários, Aldo Lima. Ele também quer que Paulo Câmara receba pessoalmente a categoria nesta quinta-feira (20). As assembleias foram realizadas na sede do Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, em Santo Amaro, área central do Recife. 

Durante o encontro, a categoria também decidiu enviar uma carta aberta ao prefeito do Recife, Geraldo Julio. “Nós queremos que ele cumpra com sua palavra e se coloque contra a dupla função dos motoristas. Que apoie e coloque a bancada do governo para votar o projeto de lei que tramita na Câmara dos Vereadores sobre o tema”, disse o representante da oposição dos rodoviários. Atualmente, na RMR, existem dois projetos de lei que versam sobre a proibição da dupla função dos motoristas. O PL municipal, que está sendo discutido na Câmara de Vereadores do Recife, é de autoria do vereador Ivan Moraes Filho. Já o PL estadual foi apresentado pelo mandato coletivo do Juntas. 

De acordo com Aldo, a tentativa de negociação ocorre desde o ano passado, quando as paralisações se intensificaram devido ao registro de demissão dos funcionários. "Nossa última paralisação aconteceu no dia 5 de dezembro de 2019. O governador pediu uma trégua até o dia 30 de janeiro, nós demos. Apesar deste fato, disseram que o que nós falamos sobre dupla função dos motoristas e a demissão dos cobradores não constavam em documentos do governo", explicou.

Relembre

Uma série de manifestações foram realizadas no segundo semestre de 2019, em locais como o Terminal Integrado do Xambá, no Centro do Recife, no bairro da Torre e no Ibura, em que o pedido principal era pelo fim das demissões em massa dos cobradores de ônibus. O primeiro protesto aconteceu no dia 30 de outubro e o último, no dia 5 de dezembro.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: Pratique Pilates em casa
Isolamento social ignorado em Goiana
O Recife que eu vi:  idosos compartilham memórias fotográficas
Resumo da semana: idosa curada da Covid, suspensão de impostos, bebê infectado e casamentos virtuais
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco