Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Últimas

Estratégias

Investimentos para operações no Porto de Suape

Publicado em: 18/02/2020 08:00 | Atualizado em: 17/02/2020 17:11

Operações da empresa estão distribuídas entre Pernambuco, São Paulo e Santa Catarina. (Foto: Localfrio/Divulgação)
Operações da empresa estão distribuídas entre Pernambuco, São Paulo e Santa Catarina. (Foto: Localfrio/Divulgação)

A companhia de logística Localfrio captou R$ 100 milhões por meio de emissão de Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI), com objetivo de alongar para 12 anos uma dívida que estava no curto prazo e iniciar um novo ciclo de investimentos. As operações da empresa estão distribuídas entre Pernambuco, São Paulo e Santa Catarina e, apesar de ainda não ter definido quanto cada unidade vai receber de aporte, o estado vai se beneficiar com os novos investimentos. Isso porque uma das unidades operacionais da Localfrio fica no Porto de Suape e tem o papel estratégico de atender as regiões Nordeste e Norte.

A Localfrio, que originalmente esteve focada no segmento segmento de armazéns frigorificados e terminais alfandegados e agora planeja ampliar as atividades para atuar como operador logístico completo, conta com seis unidades operacionais, sendo 4 terminais alfandegados, totalizando 430 mil metros quadros de área disponível. No Porto de Suape, a companhia, que é um dos maiores operadores logísticos de produtos químicos do Brasil, é líder de cargas de projeto para grandes parques eólicos do Norte e Nordeste. Uma operação que se mostra estratégica para a empresa.

"Faz parte da estratégia da Localfrio estar posicionada em todas as principais zonas do comércio exterior brasileiro. É o único operador logístico com presença junto aos principais portos que atendem cada uma das regiões. Nesse sentido, as unidades de Suape têm um papel estratégico para atendimento de toda a região Norte e Nordeste, uma vez que Suape é o principal porto dessas regiões. As unidades da Localfrio em Suape, sendo terminal alfandegado, terminal de cargas e unidade de transporte, são responsáveis por cerca de 30% do faturamento da empresa", ressalta o presidente Thomas Rittscher.

As unidades de Suape atuam para as principais empresas da região, com foco principal nos segmentos químico, bebidas, bens de consumo e siderúrgico, com destaque para o segmento de cargas de projeto. "Para todos esses segmentos a empresa desenvolve soluções logísticas integradas envolvendo toda a cadeia logística, de ponta a ponta. O segmento de cargas de projeto vem se consolidando como um dos mais importantes, onde movimentamos, armazenamos e transportamos pás eólicas, torres e equipamentos de grande porte, além de equipamentos para geração de energia solar. Existem grandes investimentos em novos parques eólicos e solares nas regiões Norte e Nordeste e esse movimento deve continuar e, por isso, a Localfrio tem investido na especialização para esse tipo de operação e é hoje um dos maiores operadores logísticos nas regiões para o segmento de cargas de projeto, a partir de suas unidades junto ao Porto de Suape", explica o presidente.

Além disso, o Porto de Suape tem uma localização estratégica para atender o Norte e Nordeste. "Ele é estratégico para todas as grandes empresas do Brasil que buscam a expansão de seus negócios para as regiões. Possui um porto de águas profundas equipado para receber grandes navios e é um dos principais portos operadores de cabotagem, que deve crescer bastante. Possui uma infraestrutura logística composta por grandes condomínios logísticos capazes de suportar o crescimento da demanda das grandes empresas para o desenvolvimento de bases operacionais locais para suprir a região", conclui Thomas Rittscher.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
O Recife que eu vi:  idosos compartilham memórias fotográficas
Resumo da semana: idosa curada da Covid, suspensão de impostos, bebê infectado e casamentos virtuais
Supermercados intensificam práticas de higienização durante pandemia
Secretaria de Educação lança plataforma para repor aulas durante pandemia
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco