Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Últimas

Meio Ambiente

Galo da Madrugada traz este ano primeiro desfile baseado em Plano de Sustentabilidade

Publicado em: 14/02/2020 14:56

Foto: Divulgação Galo da Madrugada
Carnaval é sinônimo de alegria, irreverência e multiculturalidade, mas não são apenas boas lembranças que a festa deixa. São toneladas de resíduos nas ruas, rios e mares que agravam a degradação do meio ambiente. Preocupado com esse impacto, o Galo da Madrugada tem como missão em 2020 caminhar rumo a uma festa mais sustentável, realizando diversas ações práticas que fazem parte do Plano de Sustentabilidade do bloco.

Entre os destaques do Plano está a parceria com o #VADELATA, movimento da Ball Corporation e Liga da Reciclagem (iniciativa da Novelis) que em 2020 promovem a maior ação de reciclagem já vista em um Carnaval. 
 
Executada pelo “Do meu lixo cuido eu”, em parceria com cooperativas locais, será realizada uma grande ação de gestão de resíduos recicláveis do Galo da Madrugada, tanto no Recife quanto em São Paulo. A ação contará com cerca de 400 profissionais envolvidos, gerando renda para centenas de famílias de catadores de materiais recicláveis. Além disso, realizará um trabalho de educação ambiental entre os foliões. Agentes distribuirão sacolas recicláveis e darão orientações sobre como descartar corretamente os materiais recicláveis durante a festa. 
 
Após a coleta, os resíduos serão levados para ecopontos próximos aos blocos, onde serão separados, tratados e encaminhados à destinação correta. Os foliões das duas cidades poderão acompanhar o resultado do projeto a partir do Painel da Reciclagem, placar instalado nos dois municípios, que exibirá o quantitativo coletado nos dois dias de bloco. Em prol de um Carnaval infinitamente sustentável, a ação ressalta os impactos positivos da reciclagem para o meio ambiente e a importância do trabalho realizado pelos catadores de materiais para a economia circular. 
 
O importante trabalho desses catadores também será destaque em um trio elétrico que encerra o desfile na avenida. O trio será todo envelopado com sustentabilidade e tecnologia para desfilar com os profissionais que trabalham arduamente na reciclagem do lixo urbano.

Outra ação do plano é a compensação das emissões de CO2 dos trios elétricos e carros de apoio, que será feita por meio do plantio de diversas árvores nativas. O bloco também determinou a completa extinção do uso de descartáveis nos camarotes oficiais do desfile. A coordenação do Plano de Sustentabilidade do Galo da Madrugada será assinada por Sérgio Xavier, diretor da Plataforma Circularis - Rede de Inovação para Economia Circular.  

Este ano, o Galo também desfila com o selo "Eu Me Manifesto Pelo Planeta". Idealizado pela curadora cultural e empreendedora sustentável Luciana Nunes, o selo tem como missão aproveitar o engajamento em grande escala que o carnaval proporciona para inspirar, conscientizar e convocar os foliões do mundo a se manifestarem pelo planeta. 
 
O Galo da Madrugada também incentiva a escolha da latinha de alumínio durante a folia, já que é 100% reciclável, com uma taxa de 97,3% de aproveitamento. Quando descartada corretamente, a latinha retorna ao mercado em até 60 dias.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Almir Rouche, um guerreiro da folia
O Galo da Madrugada conectando gerações
O passo a passo do Galo da Madrugada 2020
Literatura pernambucana na sala de aula
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco