Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Últimas

DECLARAÇÃO

Cantora rebate motorista que 'justificou' assédio por 'short do tipo Anitta'

Por: Uai

Publicado em: 19/02/2020 08:04

 (Foto: Reprodução/Instagram)
Foto: Reprodução/Instagram
A cantora Anitta rebateu o motorista do aplicativo Uber que prestou depoimento após ser acusado de assédio por uma menor de idade na cidade de Viamão, região metropolitana de Porto Alegre, no último domingo (16). Em entrevista, o homem tentou 'justificar' seu ato afirmando que a jovem usava um "shorts do tipo Anitta".

Anitta, usou seu Twitter nesta terça-feira (18) para se posicionar a respeito do caso envolvendo o assédio no Uber. "Nada justifica um assédio. A forma de se vestir, sentar, e falar não significa qualquer autorização ou pedido ou convite a ser assediada ou invadida, abusada, estuprada".
 
Na sequência, concluiu: "Quanto à menina estar usando um short 'tipo Anitta', para mim significa que ela é independente, não tem medo de ser quem ela quer e, acima de tudo, bem inteligente para denunciar e expor um assediador para que outras meninas não passem pelo mesmo que ela".
 
Entenda o caso
Uma adolescente de 17 anos gravou e divulgou um vídeo nas redes sociais de um assédio que ela sofreu de um motorista do aplicativo Uber durante corrida realizada na tarde do último domingo. 
 
A jovem se deslocava para a casa de uma amiga quando foi abordada pelo condutor. Ao perceber o rumo da conversa, teve a iniciativa de gravar o diálogo, virando a câmera para o próprio rosto para que o motorista não percebesse.
 
Na filmagem, ele diz que poderia namorar com ela e, mesmo com a garota afirmando que é menor de idade, o condutor diz não ser problema. "Problema seria se tu tivesse 13 anos. E eu acho que tu não tem 13 anos... De, 14 para cima tu já é responsável", retrucou.
 
Logo em seguida, ela afirma que ele tem idade pra ser pai dela. O motorista insiste. "Eu faria coisas que teu pai não faria. Pode ter certeza".
 
A jovem, então, tenta por um fim na conversa. "Eu não tenho interesse, obrigada". "Tô só brincando, eu não tô dizendo que você deveria ter interesse", é a última fala do rapaz que aparece no vídeo.
 
Ao fim da viagem, ela denunciou o perfil do motorista no aplicativo e registrou boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher de Viamão. A Uber informou que o colaborador teve a conta banida e que não atua mais na plataforma.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A pandemia em Pernambuco - destaques de 7 de abril
Saiba como solicitar auxílio emergencial de R$ 600
#FicaEmCasaComODiario: o universo em madeira de Mestre Cunha
A pandemia em Pernambuco - destaques de 6 de abril
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco