Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Últimas

Dom Bosco

Mudança no trânsito agrada motoristas, mas recebe crítica de taxistas

Publicado em: 19/01/2020 13:53 | Atualizado em: 20/01/2020 13:43

 (As mudanças no trânsito na rua Dom Bosco começaram no sábado. Foto: Ricardo Fernandes Spia Photo/FOTO DP)
As mudanças no trânsito na rua Dom Bosco começaram no sábado. Foto: Ricardo Fernandes Spia Photo/FOTO DP
Quem passou neste domingo (19) no trecho da rua Dom Bosco, no bairro da Boa Vista, onde a Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) e a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) implantaram a faixa de mão dupla, percebeu a mudança que agradou motoristas, mas recebeu críticas de taxistas que trabalham no local. A modificação aconteceu no último sábado (18). O efeito para trânsito, no entanto, só poderá serconstatado nesta segunda-feira (20), quando a fluxo de veículo é maior na área.

Volney de Barros, 42 anos, é condutor escolar e trabalha como motorista de aplicativo. “Sempre passo por aqui. Acho que a mudança vai diminuir o congestionamento. Concordo com a mudança que foi feita”, destacou. Para orientar os motoristas, a CTTU colocou guardas de trânsito, que mostravam aos condutores, inclusive, que a sinalização das faixas próximas aos semáforos sofreram alterações.

Mas enquanto as pessoas buscavam informações, os motoristas de táxi Aluísio Vila Nova, 59 anos, e Aristeu Araújo da Silva, 67, pediam explicações à Prefeitura do Recife. Segundo eles, com a mudança o número de vagas destinadas aos taxistas diminuíram de seis para duas. “Isso complicou a vida da gente. Esse ponto fixo (em frente ao Supermercado Extra) funciona aqui há mais de 10 anos. Não temos como ficar circulando em busca de passageiro e gastando gasolina que está muito cara”, reclamou Aluísio. 

Aristeu Araújo, por sua vez, ressaltou que as mudanças foram feitas sem qualquer consulta aos profissionais que utilizam as vagas. “O pessoal da CTTU chega muda tudo e não fala nada com a gente. Eles poderiam ter puxado o nosso espaço mais para frente, mantendo as seis vagas”, ponderou.
 
De acordo com a Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) e a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), a mudança tem a finalidade de restringir a circulação que acontecerá após a conclusão do projeto Nova Conde da Boa Vista. Desde o ano de 2013, já foram implantadas mais de 150 intervenções no trânsito do Recife.

A partir da implantação da mão dupla no trecho da rua Dom Bosco, entre as ruas Henrique Dias e do Paissandu, os condutores que vem da Rua Henrique Dias poderão acessar a rua Dom Bosco em direção ao bairro da Ilha do Leite. Ainda devido à implantação da mão dupla nesse trecho, quem sai da rua do Paissandu não poderá girar à direita para acessar a Rua Dom Bosco, apenas o movimento à esquerda continua permitido. Dessa forma, o condutor oriundo da via local da Avenida Agamenon Magalhães que precise acessar a Dom Bosco em direção ao bairro da Ilha do Leite deverá utilizar a Rua Henrique Dias para esse fim. Segundo a Prefeitura do Recife, a mudança acontece para otimizar o acesso dos condutores aos bairros da Boa Vista e Ilha do Leite. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
O melhor passista do Recife é de Santo Amaro
Grêmio Musical Henrique dias é tradição e formação
Carlos da Burra, o homem que dá vida aos bonecos gigantes de Olinda
A paz é uma provocação
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco