Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

Peixe

Mero de cerca de 160 Kg capturado na Flórida teria 50 anos

Por: AFP

Publicado em: 14/01/2020 00:07

Foto: HANDOUT / FLORIDA FISH & WILDLIFE CONSERVATION COMMISSION / AFP (Foto: HANDOUT / FLORIDA FISH & WILDLIFE CONSERVATION COMMISSION / AFP)
Foto: HANDOUT / FLORIDA FISH & WILDLIFE CONSERVATION COMMISSION / AFP (Foto: HANDOUT / FLORIDA FISH & WILDLIFE CONSERVATION COMMISSION / AFP)
Quando o Brasil conquistou a Copa do Mundo de futebol no México em 1970, com Pelé à frente da seleção, em algum lugar no oceano nascia o mero de 159 kg que foi capturado em dezembro na Flórida, um dos mais antigos já capturados.

Pesquisadores disseram que estimam que o "mero de Varsóvia", capturado em dezembro no estado americano, tinha 50 anos.

"Esta é a amostra mais antiga coletada em nosso programa de identificação", relatou sexta-feira através do Facebook o Instituto de Pesquisa da Comissão de Conservação de Peixes e Fauna Silvestre da Flórida (FWC).

Os biólogos do Laboratório de Idade e Crescimento da FWC calcularam a idade do peixe analisando o otólito, uma estrutura de cálcio na cabeça do animal com a qual os cientistas podem estimar sua idade.

A FWC acompanhou as informações com a fotografia do Instagram de Jason Boyll, um pescador amador de Siesta Key (sudoeste) que posa ao lado do mero gigante, maior do que ele.

O peixe foi capturado na costa oeste da Flórida em 29 de dezembro, a 182 metros de profundidade, de acordo com a FWC.

O mero de Varsóvia pode pesar até 260 kg.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Bolsonaro: incêndios na Amazônia são mentira
12/08 - Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Putin anuncia vacina com imunidade duradoura
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco