Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

Carlos Romero

Bolívia prende ex-ministro de Morales por corrupção

Por: AFP

Publicado em: 14/01/2020 22:23

Foto: AFP (Foto: AFP)
Foto: AFP (Foto: AFP)
O ex-Ministro de Governo (Interior) e poderoso colaborador do ex-presidente da Bolívia Evo Morales, Carlos Romero, foi preso nesta terça-feira por ordem do Ministério Público do país.

Romero agora deve comparecer perante um juiz que determinará se ele ficará preso, em prisão domiciliar ou em liberdade durante o processo sobre os crimes de corrupção pelos quais é acusado.

O ex-ministro foi previamente escoltado pela polícia do hospital onde estava internado até a promotoria onde ouviu as acusações de "uso indevido de influências e quebra de deveres".

A denúncia está especificamente relacionada à suposta má gestão em uma unidade governamental para combater o tráfico de drogas (Uelicn).

Romero, 53, foi internado no sábado em um centro médico em La Paz, com um quadro de desidratação, hipertensão e depressão. O ex-ministro relatou ter permanecido "sequestrado" em sua casa por civis contrários a Morales, que impediram a entrada de alimentos.

De seu refúgio na Argentina, o ex-presidente Morales defendeu seu ex-colaborador.

"Sob Carlos Romero, denunciamos em nossos atos governamentais a corrupção da Unidade Executora de Luta Integral contra o Tráfico de Drogas (UELICN), e agora descobrimos que somos os acusados", escreveu Morales no Twitter.

"O que o regime de fato da (presidente interina Jeanine) Áñez quer não é justiça, é vingança e impunidade", acrescentou.

Romero se junta à lista de ex-funcionários denunciados pelo atual governo de direita de Jeanine Áñez e investigados pela promotoria.

Os ex-ministros Juan Ramón Quintana (Presidência), Vilma Alanoca (Cultura) e Javier Zabaleta (Defesa) estão isolados na residência do México e são acusados de sedição e terrorismo.

Ex-autoridades do governo anterior pediram asilo e outros ou deixaram o país, após a renúncia de Morales  em 10 de novembro passado, após uma forte crise social.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Bolsonaro: incêndios na Amazônia são mentira
12/08 - Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Putin anuncia vacina com imunidade duradoura
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco