Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Últimas

Educação

Após abertura com lentidão e falhas, Sisu tem segundo dia de inscrições nesta quarta

Publicado em: 22/01/2020 06:30

Plataforma recebe inscrições até as 23h59 deste domingo. (Foto: MEC/Reprodução)
Plataforma recebe inscrições até as 23h59 deste domingo. (Foto: MEC/Reprodução)
As inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começaram ontem com reclamações de lentidão e falhas na plataforma, que é a principal forma de acesso ao ensino superior público com uso da nota do Ensino Nacional do Ensino Médio (Enem). Neste semestre, o Sisu oferece 237.128 vagas em 128 instituições de todo o país. Dessas, 14.931 são em Pernambuco. Apesar dos problemas no acesso, cerca de 474 mil estudantes conseguiram concluir o processo, de acordo com o Ministério da Educação (MEC). Como cada candidato pode optar por até dois cursos, o número de inscrições chegou a 826 mil até as 18h30 do primeiro dia do Sisu. O prazo para concorrer a uma vaga segue até as 23h59 deste domingo (26).


Ainda não é possível comparar se houve queda ou aumento no número de inscrições em relação ao ano passado, pois o único balanço divulgado no primeiro dia do Sisu 2019.1 registrava inscrições até as 7h30. Foram 166 mil inscrições registradas pelo MEC nas primeiras horas do Sisu no ano passado. Até a noite de ontem, a equipe técnica do Ministério da Educação analisava as causas do problema na plataforma, não solucionado até o fechamento desta reportagem.

Estudantes de todo o país relataram erros no sistema. Segundo a assessoria de comunicação do MEC, a “instabilidade ocorre devido ao grande número de acessos”. No ano passado, o site passou por instabilidade no primeiro dia e justificativa também foi o grande volume de acessos espontâneos na rede. Em Pernambuco, um participante do Enem 2019 que quer cursar cinema na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) disse que a lista de instituições com vagas no Sisu não carrega e, por isso, não pôde concluir o processo. “Quero fazer a inscrição no primeiro dia para ir acompanhando nas notas de corte, mas não consegui”, afirmou o candidato, que não quis se identificar.


Outro erro foi reportado por participantes do estado que conseguiram fazer a inscrição. Segundo eles, há uma falha na lista de documentos solicitados que aparece ao final do processo. “Fiz a inscrição para a Univasf (Universidade Federal do Vale do São Francisco), mas a lista de documentos para matrícula era da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais)”, disse uma estudante de Caruaru.

Pelas redes sociais, vários participantes informam que não estão conseguindo concluir a inscrição na tarde de ontem. “Eu desisto do Sisu. Vou lá e depois de muita luta consigo entrar. Quando vou selecionar minha primeira opção procurando o curso que eu quero, aparece que não tem no meu estado (Rio de Janeiro). Quando vou selecionar por estado, aparece, então clico no curso, e o site fecha”, relatou um candidato que busca uma vaga na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).


Pode fazer a inscrição no Sisu no primeiro semestre de 2020 o estudante que participou do Enem de 2019, obteve nota na redação diferente de zero e não tenha sido “treineiro” (participante que concluirá o ensino médio após o ano letivo de 2019; não esteja cursando ou não concluiu o ensino médio) no exame. É necessário informar o número de inscrição do Enem 2019 e a senha mais atual cadastrada na Página do Participante.


O Sisu é o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a candidatos participantes do Enem. O resultado da chamada regular está mantido, de acordo com o site do Sisu, para a próxima segunda-feira. Entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro, os candidatos não classificados na chamada regular poderão participar da lista de espera. De 7 de fevereiro a 30 de abril, haverá a convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições.


Diariamente, durante o período de inscrição, o sistema se encerra e abre na manhã seguinte mostrando a classificação dos candidatos aos cursos pretendidos. Com isso, o candidato consegue monitorar as notas de corte e ver se a sua nota é suficiente para ingressar naquela opção escolhida. Ele tem até o último dia da inscrição para mudar as inscrições.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
O melhor passista do Recife é de Santo Amaro
Grêmio Musical Henrique dias é tradição e formação
Carlos da Burra, o homem que dá vida aos bonecos gigantes de Olinda
A paz é uma provocação
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco