Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Últimas

Imunização

Sarampo: recifenses de 20 a 29 anos podem se vacinar a partir de segunda-feira

Publicado em: 14/11/2019 13:31

Dose tríplice pode estará disponível em 150 postos. Foto: Daniel Tavares/PCR
A partir de segunda-feira (18), pessoas de 20 a 29 anos que não possuem comprovação do esquema vacinal contra sarampo completo (com pelo menos duas doses da Tríplice Viral ao longo da vida), devem procurar um dos 150 postos da Prefeitura do Recife para serem imunizadas. Esta é a 2ª fase da Campanha de Vacinação contra a doença, que vai até o dia 30, quando ocorrerá o Dia D.

Durante esse período, as doses da tríplice viral, cuja proteção também é contra caxumba e rubéola, serão direcionadas exclusivamente ao público-alvo definido pelo Ministério da Saúde. A ação é um esforço para interromper a circulação do vírus do sarampo e proteger os grupos mais acometidos pela doença. Os critérios de vacinação foram definidos conforme situação epidemiológica e taxas de coberturas vacinais.

A coordenadora de Imunização da Secretaria de Saúde do Recife, Elizabeth Azoubel, lembra que a vacinação contra o sarampo não precisa de reforço anual. “Quem está com o esquema completo, ou teve a doença, não precisa se preocupar. Nos últimos meses, vacinamos muitos adultos porque a maioria perde a carteira de vacinação e não sabe se tomou a tríplice viral. É importante guardar o cartão como se fosse um documento, pois ele é essencial para a vida inteira”, reforça.

Na primeira fase da campanha, o foco foram as crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) que nunca tenham sido imunizadas ou não tenham comprovação de ter recebido as duas doses determinadas para essa faixa etária. A vacina dada aos bebês antes de completarem um ano de vida é considerada pelo Ministério da Saúde uma dose extra (dose zero), que não interfere no calendário de vacinação de rotina, em que a primeira dose é feita aos 12 meses e a segunda aos 15 meses.

DADOS 
Nas crianças de 1 ano do Recife, a cobertura vacinal, até o fim de outubro, da primeira dose está em 93%, e a segunda está em 75%, este ano. O ideal é que as duas doses atinjam os 95%. Em 2018, o Recife ultrapassou a meta de cobertura vacinal de sarampo (95% para as duas doses nas crianças que tinham 12 e 15 meses).

Na capital pernambucana, foram confirmados, até o momento, cinco casos de sarampo e outros 96 ainda estão em investigação. As medidas de controle, como a vacinação de quem teve contato com os casos confirmados ou suspeitos (bloqueio), estão sendo tomadas pela Sesau Recife desde quando os primeiros casos foram notificados, assim como a vigilância de novos casos.

São consideradas vacinadas pessoas de 1 a 29 anos com duas doses da vacina; pessoas de 30 a 49 anos com uma dose e profissionais de saúde com duas doses da tríplice viral. Quem está com as doses em dia, já teve sarampo ou tem mais de 50 anos não precisa se preocupar.

Já quem nunca teve sarampo, não está com o esquema da vacinação completo ou perdeu o cartão e não se lembra se tomou as vacinas deve procurar os postos de saúde. Quem tiver fora dos públicos prioritários da campanha terá que procurar as unidades de saúde posteriormente, já que a vacina contra o sarampo está disponível, para quem precisa, durante todo o ano.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A importância de um atendimento farmacêutico correto
Primeira Pessoa com Padre Reginaldo Veloso
Sobre Vidas: Casinha - Associação dos Amigos da Vila do Papelão
Dp Auto no Jeep Experience
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco