Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Últimas

Ancestralidade

No Recife, encontro de Maracatus Nação discute ações para além do carnaval

Publicado em: 11/11/2019 23:21 | Atualizado em: 11/11/2019 23:29

Foto: WhatsApp/Cortesia

A Associação dos Maracatus Nação de Pernambuco (Amanpe) deu início nesta segunda-feira (11), ao I Congresso Nacional de Maracatus Nação. O encontro ocorre em vários locais da Região Metropolitana do Recife. Ele oferece roda de diálogos, palestras e oficinas gratuitas. A programação segue até o dia 17 de novembro com um grande cortejo das nações na Avenida Rio Branco, no centro da cidade. 

Além de forte representatividade da religiosidade de matriz africana, a manifestação popular é reconhecida como “Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil”.  E o estado de Pernambuco é o berço dessa africanidade, sendo o palco mais expressivo no segmento, que não pode faltar no carnaval. Mas e para além das festividades de momo? Como fica a realidade desses brinquedos e quais políticas devem ser adotadas para perpetuar a identidade desse movimento entre as gerações? É justamente através do tema "Desafios e perspectivas da Salvaguarda dos Maracatus", que os maracatuzeiros, brincantes, pesquisadores e representantes da cultura discutem a resistência e a força das alfaias para além do carnaval. 

“A gente vem pensando há três anos uma melhor forma de discutir e problematizar todas as questões que incomodam os maracatus, que são manifestações de extrema importância para o estado de Pernambuco e para o Brasil. Se engana quem pensa que o ritmo se restringe apenas às apresentações nos períodos festivos. A nossa força transforma as comunidades através da educação e do exercício da cidadania”, ressalta Fábio Sotero, presidente da Amanpe. 

Foto: WhatsApp/Cortesia

No dia 16 de novembro, haverá uma série de oficinas itinerantes com alguns grupos de Baque virado. Para se inscrever nas atividades formativas, os interessados devem preencher o formulário no link. Mais informações através do número (81) 9 8774 4454.  Além da Amanpe, fazem parte da execução do projeto a Secretaria de Cultura do Recife, o Departamento de Preservação do Patrimônio Cultural, a Fundação de Cultura da Cidade do Recife e a Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco. 

Confira a programação completa

12/11 (Roda de Diálogo)

14h às 17h - "Maracatu Nação não é só Carnaval"
18h às 21h - "Maracatu, que baque é esse?"
Local: Teatro Arraial Ariano Suassuna

13/11
14h às 17h - Oficina de Construção do Plano de Salvaguarda do Maracatu Nação.
Local: Teatro Arraial Ariano Suassuna

14/11
14h às 17h - Fórum: "Religiosidade e Coroação das Rainhas"
Local: Teatro Arraial Ariano Suassuna

15/11
16h - Baile Comemorativo - Comenda Dona Santa 
Local: Sítio de Pai Adão, em Água Fria, no Recife 

16/11
14h às 18h - Vivências de Maracatu (Oficinas de Maracatu com mestras das Nações Sedes de Grupos Percussivos

Nações Estrela Brilhante de Igarassu e Cambinda Estrela 
Local: Casa da Cultura, Centro do Recife

Nações Aurora Africana e Almirante do Forte 
Local: Sede do Grupo Yalu, Rua da Moeda, Bairro do Recife

- Nações Estrela Dalva e Encanto da Alegria 
Local: Casarão do Nação Pernambuco, Carmo, em Olinda

- Nações Leão da Campina e Sol Brilhante
Local: Sede do Grupo Ogun Onilê, Rua Álvares Cabral, n. 200, sala 206, Bairro do Recife 

17/11 
16h - Grande encontro de Batuqueiros e Batuqueiras de Maracatu 
Local: Av. Rio Branco, Bairro do Recife. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
In Set com Alessandra Pires
Tecnologia e inovação aplicadas à educação
Moradores cobram inauguração da Upinha Rio da Prata
A importância de um atendimento farmacêutico correto
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco