Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Últimas

LUTO

Morre, aos 64 anos, o jornalista e colunista Inaldo Sampaio

Publicado em: 11/11/2019 07:38 | Atualizado em: 11/11/2019 21:39

 (Foto: Reprodução/Coluna.)
Foto: Reprodução/Coluna.

O jornalista e colunista político Inaldo Sampaio morreu na madrugada desta segunda-feira (11) aos 64 anos, no Recife.


De acordo com a família, Inaldo lutava contra um câncer e passou mal na noite do último domingo (10). Ele ainda foi socorrido para o Hospital Português, mas sofreu uma parada cardíaca e não resistiu.

O jornalista era comentarista político na rádio CBN, assinava coluna política Fogo Cruzado, no Diario de Pernambuco e atuava há 24 anos na comunicação social do Tribunal de Contas do Estado. O velório será realizado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, Região Metropolitana do Recife a partir das 15h.

Inaldo assinava a coluna Fogo Cruzado no Diario de Pernambuco, confira a nota:

Diario de Pernambuco 
Foi com imensa tristeza que recebemos a notícia do falecimento do jornalista Inaldo Sampaio. Um dos expoentes no jornalismo político em nosso estado, ele passou a assinar - nos últimos seis meses - sua coluna Fogo Cruzado no Diario de Pernambuco, presenteando nossos leitores com seu profissionalismo, credibilidade e compromisso com a notícia: características que marcaram a sua trajetória em todos os veículos de comunicação por onde passou. Sem dúvida, o jornalismo fica menor no dia de hoje. 

Aos familiares, externamos as nossas condolências e solidariedade.  

Tribunal de Contas

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Marco Loreto, lamentou a morte do amigo. "Inaldo era um amigo que eu conhecia desde o início da minha vida profissional. Estou muito sentido nesse momento de muita dor. Sua experiência e seu conhecimento principalmente na área política vão fazer falta ao jornalismo de Pernambuco e do Brasil”.

O Tribunal de Contas emitiu uma nota em pesar. "Nossa solidariedade à esposa Teresa Cristina e aos filhos, Joana e João Marcelo neste momento de tanta dor".

Governo de Pernambuco 

Foi com profundo pesar que recebi a noticia do falecimento do jornalista Inaldo Sampaio. Inaldo era um profundo conhecedor da política pernambucana e defensor intransigente da democracia. Emprestou seu talento aos três principais jornais da capital, além de varias rádios e páginas da internet. Quero expressar minha solidariedade à família e aos amigos.

PAULO CÂMARA


Prefeitura do Recife
Em nota, o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, lamentou a morte do jornalista."Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento do jornalista Inaldo Sampaio. Ele cumpriu por muitos anos a missão de informar a população com correção e grande competência. Era um profundo conhecedor da política de Pernambuco e vai fazer muita falta. Aos tantos parentes e amigos, quero deixar meu abraço e sinceros pêsames".

Prefeitura de Camaragibe
A prefeita de Camaragibe, Nadegi Queiroz, também relembrou a importância de Inaldo para o jornalismo local. "Recebi com tristeza a notícia do falecimento de Inaldo Sampaio, uma referência do nosso Jornalismo Político, com passagens, entre outros, pelos três principais jornais do Estado. Inaldo fazia Jornalismo com decência, ouvindo todos os lados; tinha elevada consciência social". 
 
Prefeitura de Olinda

O Professor Lupércio, prefeito de Olinda, lamentou o falecimento do jornalista. "Uma história marcada pelo profissionalismo, tendo passado por grandes veículos de comunicação de Pernambuco e do Brasil. Sua versatilidade levou análises e bastidores da política aos mais diversos leitores, seja para quem o acompanhava na sua coluna do Diario de Pernambuco ou na Rádio CBN. Lupércio envia pesar e solidariedade para os familiares, amigos e profissionais da imprensa pernambucana."

 

Prefeitura de São Lourenço
Bruno Pereira, prefeito de São Lourenço da Mata, divulgou uma nota de pesar: "Amanhecemos nesta segunda com uma notícia muito triste, a do falecimento do querido Inaldo Sampaio na madrugada. Inaldo era dos bons; fazia um respeitado Jornalismo com espírito público, ouvindo os dois e ajudando os leitores a se elucidarem nos caminhos da Política. No campo pessoal, Inaldo era um amigo com quem convivi desde a época que meu pai era prefeito. Nosso último encontro foi um animado almoço no dia do meu aniversário, em 11 de julho, quando trocamos impressões sobre os cenários local e nacional. Uma grande perda! Deixa aqui registado meus pêsames à família e peço que Deus os conforte nesta hora de passagem."

Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes
O prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira afirmou que "Inaldo Sampaio sabia como poucos fazer análises sobre o cenário político. Ao longo da sua trajetória, construiu amigos e ganhou respeito de todos pelo trabalho ético e sincero. E é por isso que seu nome continuará sempre lembrado no jornalismo. Aos familiares desejo meus sinceros sentimentos neste momento de perda."


Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude

Com pesar, recebemos hoje a notícia do falecimento do jornalista Inaldo Sampaio. De origem sertaneja, natural de São José do Egito, Inaldo se tornou referência no jornalismo político pernambucano como colunista do Jornal do Commercio, Folha de Pernambuco e, por último, do Diário de Pernambuco, além de ter sido também repórter de O Globo. Durante sua trajetória, buscou a imparcialidade, fazendo a leitura dos fatos com perspicácia e isenção. O jornalismo de Pernambuco perde com sua morte.


A todos seus familiares, amigos e leitores, nossa solidariedade nesse momento.

Sileno Guedes


Secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude e Presidente estadual do PSB

O presidente da Amupe

Venha através desta expressar o meu profundo pesar pela morte desse grande pajeuzeiro, jornalista de talento, referência na cobertura política em nosso Estado, Inaldo Sampaio. Que Deus o receba em sua morada e possa trazer conforto para familiares e amigos nesse momento de irreparável perda. 


José Patriota
Prefeito de Afogados da Ingazeira

Presidente da AMUPE

Deputado Daniel Coelho

É com profunda tristeza que recebemos a notícia do falecimento do jornalista Inaldo Sampaio, nesta segunda-feira, 11 de novembro.


Jornalista competente, de muita experiência, Inaldo atuava de maneira independente, além de ser um profundo conhecedor da política local e nacional. Seu desaparecimento deixa uma grande lacuna no jornalismo pernambucano.


Solidarizamo-nos com a família por esta perda irreparável.


Deputado federal Daniel Coelho

 

Presidente Estadual do Cidadania-PE

 

 

 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
In Set com Alessandra Pires
Tecnologia e inovação aplicadas à educação
Moradores cobram inauguração da Upinha Rio da Prata
A importância de um atendimento farmacêutico correto
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco