Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

SEGUNDA INSTÂNCIA

Advogados pedem liberdade de Eduardo Azeredo com base na decisão do STF

Publicado em: 08/11/2019 16:59 | Atualizado em: 08/11/2019 17:01

Na noite de ontem, o STF, proibiu, por maioria, o cumprimento de pena após condenação em segunda instância, como Azeredo foi julgado. (Foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Na noite de ontem, o STF, proibiu, por maioria, o cumprimento de pena após condenação em segunda instância, como Azeredo foi julgado. (Foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Os advogados do ex-governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo, protocolaram um pedido de soltura na noite dessa quinta-feira (7). O recurso foi apresentado ao juiz da Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e a expectativa da defesa é de que Azeredo seja solto ainda nesta sexta-feira. 

"O pedido de soltura foi feito com base na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e a expectativa é de que a decisão saia ainda hoje", disse Carolina Castellar, uma das advogadas do ex-tucano.

Na noite de ontem, o STF, proibiu, por maioria, o cumprimento de pena após condenação em segunda instância, como Azeredo foi julgado. Alterando a jurisprudência vigente entre 2009 e 2016, o plenário do STF estabeleceu, por 6 votos a 5, que o cumprimento da pena, entre as quais a prisão, só pode começar após o chamado trânsito em julgado, quando se esgotam todos os recursos possíveis contra a sentença criminal, incluindo as apelações ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao próprio Supremo. 

Azeredo foi condenado a 20 anos e um mês de prisão por peculato (desvio de dinheiro público) e lavagem de dinheiro no caso do mensalão tucano. Ele se entregou à polícia em maio do ano passado e cumpre pena em uma sala especial em um quartel do Corpo de Bombeiros, na Região Centro-Sul da capital mineira.

Ele foi preso em 23 de maio, quando se entregou à 1ª Delegacia Distrital da Polícia Civil, no Bairro Funcionários.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Um ato por justiça e solidariedade
Resumo da semana: criança morre ao cair de prédio e reabertura pós-quarentena
05/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Covid-19 põe indígenas amazônicos em grande risco
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco