Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Últimas

MEIO AMBIENTE

Porto de Galinhas não foi atingida por mancha de óleo

Publicado em: 21/10/2019 11:44 | Atualizado em: 22/10/2019 17:39

Cinco papas-metralhas de óleo foram recolhidos em Ipojuca. Foto: Governo de Pernambuco/Divulgação.
Cinco papas-metralhas de óleo foram recolhidos em Ipojuca. Foto: Governo de Pernambuco/Divulgação. ()


A Praia de Porto de Galinhas, em Ipojuca, não foi atingida por óleo até as 17h desse domingo (20). De acordo com a prefeitura do município, nenhuma mancha foi encontrada no balneário, e o monitoramento continua sendo feito de forma ostensiva nos 33 km da orla da cidade. As praias de Ipojuca estão abertas aos banhistas normalmente.

"O óleo recolhido nas praias está, em grande parte, sendo armazenado em recipientes específicos. Outra parte, por recomendação da CPRH (Companhia Pernambucana de Recursos Hídricos), está sendo levado para valas com mantas impermeáveis localizadas em Maracaípe e Muro Alto", informou a Prefeitura de Ipojuca.

As primeiras manchas nas praias do município foram vistas na madrugada desse sábado (19), no Pontal de Maracaípe e, depois, nas praias de Camboa, Toquinho, Merepe, Enseadinha, Cupe, Muro Alto e Serrambi.

"Para fazer o trabalho de limpeza das praias, a Prefeitura do Ipojuca, por meio do Comitê Gestor de Crise, fez um mutirão que envolveu as secretarias de Defesa Social, Meio Ambiente e Controle Urbano, Turismo, Governo, Comunicação, Educação, Saúde, Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), Agência Municipal de Trânsito (Amttrans), Agricultura e Infraestrutura. Além disso, o trabalho contou, sobretudo, com a massiva participação da sociedade civil, ONGs, associações, empresários, rede hoteleira", pontuou a prefeitura.

Representantes do trade turístico de Ipojuca informaram que o desastre ambiental não causou prejuízos imediatos à rede hoteleira da cidade. "Será realizada uma campanha para esclarecer aos turistas que as praias estão limpas e que o litoral espera os visitantes para o Revéillon", enfatizou a Prefeitura de Ipojuca.  

Óleo em Ipojuca:

30 toneladas de óleo foram recolhidos no município
200 macacões
8.096 mil luvas distribuídas
3,6 mil máscaras
10,2 mil sacos de lixo
1,5 mil sacos de lona
100 pás
228 pares de botas
500 baldes
15 ciscadores
112 litros de óleo mineral
5 papas-metralhas de óleo foram recolhidos
3 retroescavadeiras 
10 caminhões
100 homens da limpeza urbana municipal
4 torres móveis para iluminação
90 metros de barreira de contenção colocados no estuário do Rio Maracaípe
80 funcionários da Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano (biólogos, engenheiros de pescas, geólogos e oceanógrafos)
180 servidores da Defesa Social (Guardas Municipais, Defesa Civil e Salva-Vidas, monitoramento da orla e transporte)

Fonte: Prefeitura de Ipojuca 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Sobre Vidas: Natanael Ramos e Gil Sormany
Salão de Tóquio: Mitsubishi 2020
Crochê, tricô, bordados e aplicações
Trio de Ferro e Decisão Bonito campeão do Pernambucano A2
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco