Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

Carnaval

Jojo Todynho, do hit Que Tiro Foi Esse?, cantará em prévia no Recife

Alceu Valença e Preta Gil também se apresentarão no Bal Masqué

Publicado em: 16/01/2018 14:29 | Atualizado em: 16/01/2018 18:15

Brincadeira baseada na música foi reproduzida por vários artistas. Foto: Facebook/Reprodução


A cantora Jojo Todynho, do hit Que tiro foi esse?, será atração da 70ª edição da prévia carnavalesca Bal Masqué, no dia 27 de janeiro, no Clube Internacional (Rua Benfica, 505, Madalena). Além dela, estão confirmados Alceu Valença, Preta Gil, Babado Novo, Silvana Salazar e Patusco.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

A edição deste ano do Bal Masqué terá como homenageado o cantor e compositor de São Bento do Una Alceu Valença, nascido em 1947, um ano antes do surgimento do tradicional baile. A decoração, assinada por Romildo Alves, será inspirada em pierrôs e colombinas, mas com o vermelho e amarelo como cores predominantes. O desfile de fantasias não será realizado, mas haverá uma premiação para a máscara ou fantasia mais bonita da noite.

Jojo Todynho é carioca e tem apenas 20 anos. Além de cantora, ela é youtuber, carreira iniciada com um vídeo para responder provocações nas redes sociais, e atuou como a ex-parceria do traficante Sabiá (Jonathan Azevedo) na novela A força do querer, de Glória Perez. A projeção nacional como funkeira veio mesmo após participação no clipe Vai malandra, o último do projeto CheckMate, de Anitta, que ajudou na viralização de Que tiro foi esse?.

Na brincadeira inspirada na letra da música, famosos e anônimos fingem levar um tiro. Luciano Huck, Angélica e os filhos Benício, Joaquim e Eva, Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank e a filha Titi, David Brazil, Ana Maria Braga, Regina Volpato, Gretchen e Thammy Miranda, Daniela Mercury e os atores Felipe Tito, Caio Paduan, Flávio Tolezani, Sérgio Guizé e Alejandro Claveaux, de O outro lado do paraíso, aderiram.

ENTRADAS
Os ingressos para o Mal Masqué custam R$ 80, R$ 40 (meia), R$ 50 (social, com um quilo de alimento social), R$ 140 (frontstage), R$ 70 (meia para o fronstage), R$ 80 (social para o fronstage), R$ 170 (lounge open bar), R$ 350 (mesas para quatro pessoas), R$ 2,5 mil (camarote para dez pessoas), à venda nas lojas Riachuelo, Litoraneus, Ingressos Prime, Ticket folia, Recife Ingressos, Bilheteria Digital e Central da Folia. Informações: 3071-6650.

Acompanhe o Viver no Facebook: 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Marília Arraes tem agenda intensa no dia que decide a eleição no Recife
Votação define hoje o segundo turno das eleições municipais
Teatro do Parque: a volta à vida de um gigante centenário
Enem para todos com o professor Fernandinho Beltrão ##275 Mono e dicotiledôneas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco