Televisão Faustão reclama do patrocinador e da vinheta da Globo: 'Não aguento mais cantar' Apresentador disparou ataques na final da Dança dos famosos

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 17/12/2017 21:10 Atualizado em:

Apresentaor se queixou durante o programa. Foto: Globo/Reprodução
Apresentaor se queixou durante o programa. Foto: Globo/Reprodução


O apresentador Fausto Silva se mostrou afiado na edição do programa global deste domingo. Ele se queixou da já tradicional vinheta de fim de ano usada pela emissora para marcar o fim de ano e do atraso do patrocinador encarregado da premiação ao vencedor do quadro Dança dos famosos.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre


"Eu não aguento mais cantar 'hoje, é um novo dia'. Esse dia não vem, porra nenhuma. Trinta anos cantando isso aqui e não tem esse novo dia. Está na hora de a gente encarar isso", ele afirmou. A Globo costuma envolver todos os funcionários no vídeo com a mensagem de fim de ano ao som da canção Um novo tempo, com ligeiras mudanças apenas em arranjos e no formato definido para a participação dos empregados mais conhecidos do público - em 2017, por exemplo, eles cantam em um descampado, e a música tem batidas de rock.

O apresentador também se mostrou indignado com a demora do patrocinador em premiar o vencedor da edição. O atraso seria em relação à entrega do carro zero quilômetro bancado pelo apoiador do programa, enquanto a Globo dá um cachê a quem se sai melhor no reality show. “Até porque o carro demora a entregar. O patrocinador já atrasou o carro da galera, a pessoa ganhou num ano e o carro chegou só no outro. Não vou falar o nome do cara, mas vende televisão”, afirmou, ao comentar postura da vencedora, a atriz Maria Joana, de valorizar mais o resultado do torneio em vez do veículo.

A atriz foi a única a ganhar nota dez de todos os jurados do programa no quesito samba. Na valsa, ela se inspirou em O lago dos cisnes, clássico do balé russo, e fez Marina Ruy Barbosa e Christiane Torloni irem às lágrimas. “Sua trajetória foi marcada pela ousadia”, definiu o coreógrafo Marcelo Misailidis.

Acompanhe o Viver no Facebook:

[VIDEO1]



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.