TV Monick cospe em Marcos após visita de Porchat em A Fazenda, diz site O médico teria se negado a ajudar a modelo durante uma atividade alegando que não queria 'correr risco de contrair o vírus da hepatite B'

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 28/11/2017 18:51 Atualizado em: 28/11/2017 19:40

Peões entraram em conflito após atividade comandada por Fábio Porchat. Foto: Record/Reprodução
Peões entraram em conflito após atividade comandada por Fábio Porchat. Foto: Record/Reprodução

O clima na Fazenda esquentou durante a tarde desta terça-feira (28). O apresentador Fábio Porchat visitou a sede do reality show da Record para realizar uma brincadeira com os participantes. Durante a atividade, Monick Camargo encontrou dificuldades para encher um balão e Porchat pediu para Marcos ajudar a modelo. O médico se negou e disse que não queria "correr risco de contrair o vírus da hepatite B". As informações são da coluna de Maurício Stycer na Uol.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

Após a brincadeira, Monick iniciou uma discussão com Marcos. No ápice da briga, ela cuspiu no ex-BBB. Por causa da participação de Porchat, a transmissão ao vivo do programa foi interrompida, impedindo que as imagens do momento circulem pela internet. A cena será exibida apenas na edição desta terça-feira (28), às 21h30. Após a atividade com os peões, Fábio também gravou entrevistas com os seis candidatos que continuam na disputa pelo prêmio. 

Em A fazenda, o ato de cuspir não gera expulsão de candidatos. Na edição de 2013, os participantes Andressa Urach, Bárbara Evans e Mateus Vedelho cuspiram em Denise Rocha. Na época, nenhum deles foi expulso. Em 2014, o diretor da atração, Rodrigo Carelli, comentou, em entrevista a Uol, sobre possíveis punições em de exageros: "A gente vai poder, eventualmente, punir por cuspe se houver um abuso, se houver um excesso. Mas não será expulsão".

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.