Cinema Cineasta Kleber Mendonça Filho divulga mensagem de agradecimento após participar do Festival de Cannes O diretor de Aquarius revelou que o filme será exibido em 18 países nos próximos meses

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 22/05/2016 15:52 Atualizado em: 22/05/2016 16:00

Pelo Facebook, o cineasta pernambucano Kleber Mendonça Filho divulgou uma mensagem de agradecimento após participar do Festival de Cannes com o filme Aquarius, que disputou a Palma de Ouro. O vencedor foi o longa-metragem britânico I, Daniel Blake, de Ken Loach.

Leia a mensagem de Kleber Mendonça Filho:

"Olá a todos, tivemos 9 dias indescritíveis no FESTIVAL DE CANNES apresentando AQUARIUS em première mundial e em competição. Prêmios não são matemáticos, por mais que a imprensa, a crítica e cinéfilos defendam seus filmes amados. Fica uma experiência intensa de repercussão, imprensa espetacular, discussão emotiva e política em torno do filme e do Brasil, do amor e da história. E esse filme pernambucano em parceria com a França e rodado na praia do Pina começa uma
Longa carreira até agora programada em 18 países (Sydney Australia daqui a 2 semanas). E começa também o percurso até o Brasil, em especial ao Recife. Obrigado a todos! AQUARIUS."

Os vencedores da 69ª edição do Festival de Cannes foram anunciados na tarde deste domingo. O curta brasileiro A moça que dançou com o diabo, de João Paulo Miranda Maria, ganhou uma menção especial do júri. O longa-metragem Cinema Novo, de Eryk Rocha, ganhou o prêmio de melhor documentário, anunciado no sábado.

Just la fin du monde, de Xavier Dolan (Canadá), conquistou o Grande Prêmio (Grand Prix). Bacalaureat, de Christian Mungiu (Romênia), e Personal Shopper, de Olivier Assyas (França), dividiram o prêmio de melhor direção.  American Honey, de Andrea Arnold (Inglaterra), ganhou o Prêmio Especial do Júri. Shahab Hosseini venceu o prêmio de melhor ator pelo filme iraniano The salesman, de Asghar Farhadi, que venceu também na categoria de melhor roteiro. Jaclyn Jose, do longa filipino Ma'Rosa, venceu a Palma de Melhor Atriz. Timecode, do catalão Juanjo Gimenez, foi eleito o melhor curta.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.