Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

AUXÍLIO

Ação vai ajudar famílias prejudicadas pelas chuvas

Publicado em: 13/06/2022 09:46

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Com o objetivo de ajudar a população do Distrito de Avencas, no Agreste Pernambucano, afetada pelas fortes chuvas do mês de maio, o projeto Vidas Cheias vai realizar, no dia 18 de junho, uma ação na cidade. A iniciativa tem como meta, doar 30 cestas básicas às famílias da região. O projeto convoca as pessoas para fazerem parte dessa corrente solidária através da doação de alimentos, roupas e água mineral para os moradores carentes, que diante das baixas temperaturas, estão passando frio. 

Um dos fundadores do projeto, Gibson Queiroz, destaca que o carro-chefe da ação é a distribuição de alimentação. A necessidade desse tipo de ajuda já é presente para essas famílias e durante as enchentes, a situação se agravou. “A comida não pode faltar, mesmo sem chuva ou com chuva regular, a fome prevalece para essas pessoas. Elas fazem bicos, as que tem um terreno pequeno, plantam para ter o seu sustento, a falta de alimentos persistem. Então, a nossa prioridade é contribuir com alimentação por menos que seja. Nós vemos toda essa miséria e vamos levar 30 cestas básicas. Consideramos esse número pequeno, mas é o limite que podemos alcançar por enquanto. Aqueles mais sofridos em consequência desse período chuvoso, que foram sacrificados, porque toda a localidade foi inundada, serão beneficiados”, afirmou. 

Outra maneira para ajudar a população do Distrito de Avencas, é através da doação de roupas e cobertores em bom estado. “Além dos alimentos, as peças de roupas, roupa de cama para combater o frio e toalha de banho são contribuições importantes para esse período difícil. As pessoas, às vezes, têm um par de meias, o que já é uma doação muito significativa. As noites têm sido muito frias, por causa das chuvas. A gente que tem um abrigo conveniente, já sente frio, dorme agasalhado e as pessoas que não tem, como se agasalham? Levaremos roupas para que elas se protejam do frio e também da água mineral. Essas são ajudas bastantes significativas nesse momento”. 

Gibson comenta sobre as adversidades enfrentadas pelos mais carentes presentes no estado e torce para que a solidariedade das pessoas permaneçam após as chuvas. “No Centro do Recife, as pessoas em vulnerabilidade, não sabem onde vão dormir, se vão comer quando acordar no outro dia. Então, essa mobilização social, agora, em que o Grande Recife está debaixo de água, sensibiliza mais a população. Eu vejo com muita felicidade, várias entidades recolhendo doações, mantimentos e essa distribuição está sendo muito efetiva. Eu gostaria que independente da catástrofe resultante das chuvas, as pessoas mantenham esse espírito para o reequilíbrio, porque se as administrações públicas não o fazem adequadamente, nós como cidadãos, temos que arregaçarmos as mangas e fazermos”. 

Ainda de acordo com um dos fundadores do Vidas Cheias, assim como as cidades da Região Metropolitana do Recife, as do Agreste também foram impactadas pelas tempestades e necessitam de amparo. “No sertão, também tem chovido muito e a pobreza, neste local, é muito mais absoluta, isso é fato. Os habitantes de Avencas, por exemplo, estão sofrendo as mesmas mazelas, talvez não em queda de barreira, porque a geologia dessas áreas não permite, pois são muito rochosas. Mas a água tem levado as poucas coisas que a população tem para sobreviver. Eu queria que houvesse uma abrangência, no sentido que essas cidades do Agreste que tem passado por problema de muita chuva, sejam também bem assistidas, inclusive, pela gestão pública, o governo estadual”. 

“Todo trabalho tem suas dificuldades, apesar delas, não queremos deixar para trás a nossa parcela de contribuição”, salienta Gibson. Quem quiser contribuir com a iniciativa que acontece no próximo dia 18 deste mês e levará donativos para o Distrito de Avencas, pode doar cestas básicas, peças de roupas e água mineral no ponto de arrecadação localizado na Rua Raimundo Freixeiras, 58, no bairro de Casa Amarela, no Recife. O apoio em valores é feito pelo Pix, através da chave: projetovidascheias@gmail.com. 

O projeto 
Com a missão de ajudar famílias carentes das cidades de Jurema e do Distrito de Avencas, no Agreste de Pernambuco, o projeto Vidas Cheias, formado por Gibson Queiroz, sua esposa Sandra Resk, e suas filhas Marina e Natália Resk foi fundado em junho de 2021. Durante as ações pontuais são distribuídas cestas básicas, roupas, sapatos, utensílios de casa e ração para os animais de estimação das famílias atendidas. Conheça mais sobre o projeto Vidas Cheias pelo Instagram, @projetovidascheias.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevistas com Isaltino Nascimento (PSB), Dr. Luiz Mário e  Pedro Silveira
Nova presidente da Caixa toma posse e anuncia primeiras medidas
Manhã na Clube: entrevista com o ex-ministro e pré-candidato ao senado, Gilson Machado
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Grupo Diario de Pernambuco